Sexta-feira, 13 de Junho de 2008
o mar.......

 

 

dizem que o mar estava calmo que até se podia nadar

que as ondas rebentavam em murmurios de sereias

 

mas eu não me lembro ............ 

 

 

 

 

 

 

 

gostei mesmo de ter ido á praia

 

 

- este post é para as minhas amigas virtuais e reais, que se preocuparam comigo!

 

 

 

não fui á praia mas estou bem disposta, ainda não encontrei a solução para o dilema (mas dilemas não têm solução!) e agradeço a força e o carinho.

 

estava e, ainda estou, exausta mas, encontrei esta foto (não sei quem é o fotógrafo mas, pessoalmente preferia saber quem é o fotografado  ) e não resisti edita-la porque, amanhã não sei se terei tempo mas, necessitava de mostrar que, o virtual ajudou-me a enfrentar o real Tal como havia dito, este blog é o meu contacto com o mundo e dou-lhe importãncia

 

Um excelente St. Antonio e única Sexta-feira 13 no ano de 2008

 Muito obrigado

 

 

- para os amigos, prometo que um destes dias vos ofereço algo que apreciem  

 

 

 


sinto-me: exausta mas bem disposta

escrito por Infiel às 01:51
link do post | desabafa | adiciona se gostaste
|

43 comentários:
De belly_button a 13 de Junho de 2008 às 08:59
Linda paisagem!!!
Eu se fosse á praia e visse algo assim queria lá saber do mar!!
Só acho que a foto deveria ser tirada do outro lado!!
Muito boa foto mesmo..

Vais ver que um dia encontras solução para o dilema.. E então deixará de ser dilema!!

Beijinhos


De Infiel a 15 de Junho de 2008 às 22:46

ai Belly estes homens dão cabo de mim hehehe

-"Só acho que a foto deveria ser tirada do outro lado!! "
o outro lado, está em outro post hummm
(tou abrincar)

eu tambem gostei tanto dela que a roubei para vocês hehe

dilemas?? ai (suspiro) acho que as convicções é que me causaram o dilema hahaha mas, estou no caminho certo, isso eu tenho a certeza (ás vezes lol)

- Joquinhas com um grande sorriso para ti



De MO a 13 de Junho de 2008 às 09:32
Ja apreciamos. a paisagem ... muito bem pensado...
nao sei e se consigo encontrar outro igual..
ha ainda em stock para este ano?


De Infiel a 15 de Junho de 2008 às 22:48



partilhar a foto é uma coisa.... ao vivo e a cores .... é outra e isso eu não partilho

Joquinhas



De Pérola a 13 de Junho de 2008 às 11:34
Gostei... :)
E força para encontrar solução para esse dilema... Para tudo há solução nesta vida, ou então... o que não tem remédio, remediado está... :)
Beijinhos


De Infiel a 15 de Junho de 2008 às 22:55

ainda bem pois foi editada para ti tambem!!


"o que não tem remédio, remediado está... "
tens toda a razão, já nem me preocupo e ando muito mais tranquila e alegre (a energia está a voltar em força hehe)

Jinhos muitos com sorrisos luminosos



De Mademoiselle Butterfly a 13 de Junho de 2008 às 12:46
Como será visto de frente?!

Fico feliz.... pareces mais animada

Beijinho.


De Infiel a 15 de Junho de 2008 às 22:58

"Como será visto de frente?! "

ai ai então???
a frente não se partilha né lol

e estou muito animada e uhmmm muito apaixonada hehe (gajos!!! hahaha)

Xoxos


De Maaf a 13 de Junho de 2008 às 16:02
Se estivesse um monumento desses na praia, não vias o mar nem que ele fosse de ouro!

Bom fim de semana!

Beijo!


De Infiel a 15 de Junho de 2008 às 22:59


- como tu me conheces !!


Uma optima semana para ti com um enorme sorriso



De Ubiquozinho a 13 de Junho de 2008 às 16:48
Olá infiel,
Apresento-te as minhas desculpas por usar este espaço (o teu espaço). Até porque o meu objectivo não passa por comentar os teus posts , que por sinal são excelentes. No entanto, não posso deixar de te agradecer, pois estes ajudaram-me a perceber algumas das razões que levam à infidelidade feminina, principalmente por virem de quem vêem (a female ).
Na verdade, o que eu pretendo é simplesmente transmitir o meu testemunho sobre a infidelidade e principalmente desabafar... preciso de desabafar. Já à muito tempo que guardo dentro de mim coisas que não são fáceis de falar... nem mesmo com os melhores amigos e amigas. E esta forma, principalmente por ser anónima revela-se ideal para o efeito. Portanto aqui vai.
Sou um quarentinha , estou num casamento com quase vinte anos do qual resultaram dois filhos. Quando me casei, amava a minha esposa, não me passava pela cabeça que algum dia poderia vir a ser-lhe infiel, e na verdade nunca estive nessa disposição, até ao dia em que descobri que era ela que me era infiel. Para mim foi um choque tremendo. Posso afirmar, que é uma das coisas que nos podem acontecer, que mais deita por terra a nossa auto-estima (pelo menos não me estou a lembrar de nenhuma que faça maior mossa). É claro que o nosso casamento sofreu um abanão enorme. Esteve muito perto de terminar, mas por diversas razões não terminou. Entre elas, posso apontar os nossos filhos, todos os laços emocionais e materiais que se criaram ao longo dos anos de união, também o sexo, que continuava e continua a ser óptimo (para ambos garanto).
Tentei perceber as razões do que aconteceu, o que não é fácil para quem é vitima de infelicidade. A tendência é sempre culpabilizar a outra parte. Mas na verdade e analisando as coisas friamente, também tive a minha dose de culpa. Nomeadamente na rotina que se instalou, alguma falta de atenção em períodos prolongados e críticos no emprego. Enfim, o que é certo é que o pó foi assentando , e as coisas continuaram. Tivemos que nos redescobrir, aconteceram imensas discussões. Foi um período bastante conturbado de adaptação a esta nova realidade.
Apesar de termos ultrapassado este período de crise, e vivermos actualmente bem um com o outro, por principalmente, sermos amigos e nos complementamos bem nas tarefas do dia-a-dia... e o SEXO!! O SEXO continua a ser excelente!! O que é certo é que a nossa relação não voltou a ser a mesma. Ninguém passa por uma situação destas, e continua a mesma pessoa... EU NÃO SOU A MESMA PESSOA !! E a minha esposa também não o é. Aliás , ela já não o era quando me foi infiel.
Ou seja, apesar de toda esta adaptação a uma nova realidade, as coisas entre nós não ficaram completamente esclarecidas, e desta vez posso afirmar que não foi por minha responsabilidade. Continuaram a existir aquelas mentiras por omissão, que qualquer pessoa com dois dedos de testa (neste caso, dois cornos na testa) percebe.
Tanto assim é, que eu ainda acho que ela me é infiel... e já agora para clarificar, sempre com a mesma pessoa (acho eu).
Enfim, como eu não queria acabar com o meu casamento, e não tinha, nem tenho, pretensões de ir para a um manicómio, a partir de uma certa altura, deixei de me preocupar com o assunto... Resultado??? Passei a provar do mesmo fruto proibido. Apesar de à luz desta nova realidade, eu não me considerar infiel .
Não sou homem para ter sexo com qualquer mulher. Tenho que sentir alguma afinidade com a pessoa que está comigo. Isto pode parecer difícil de concretizar , mas no entanto, para mim até é bastante fácil, pois no meu trabalho a maior parte das minhas amizades sempre foram com mulheres. Assim, qual não foi o meu espanto, quando descobri que duas das minhas melhores amigas no emprego, que também me atraiam fisicamente, estavam também elas dispostas a dar a facadinha (ou injecção de adrenalina) no matrimónio. E o mais incrível é que, como sempre foram minhas amigas e são casadas, nem uma nem outra, imagina que tenho uma relação com a outra (pelo menos é o que eu acho). Entre nós, as coisas passam-se de forma bastante discreta e apenas ocasionalmente, pois tal como eu, elas são casadas e não querem que a história caia na praça pública.
Continua no próximo Post .


De Ubiquozinho a 13 de Junho de 2008 às 17:31
Concluindo o longo post...

Posso afirmar que neste momento sou bastante mais feliz do que era. Tenho relações extraconjugais com duas muheres maravilhosas com as quais tenho uma cumplicidade fantástica e que por sinal também são amigas uma da outra.

Estou de tal foma de consciência tranquila, que não me considero infiel.

Mais!! Independentemente das implicações no meu casamento, posso afirmar que não abdico de nenhuma delas, mesmo que algum dia a minha esposa descubra o que se passa. Tal como não abdicarei da minha esposa por elas. Elas sabem destes dois factos.

No entanto, seja qual for a razão, também elas podem em qualquer altura querer acabar com a nossa relação. É normal! Estou preparado para isso e nunca farei nada que as possa prejudicar. Como amigo sincero, quero acima de tudo que tenham boas recordações dos momentos que passaram comigo.

Nesta altura da minha vida, considero importante que tal como eu, quem esteja comigo, esteja porque goste simplesmente de desfrutar os poucos, ou muitos momentos que possamos passar juntos, sem quaisquer pretensões de posse ou exclusividade.
Para mim, esta é uma das mais bonitas formas de AMOR!!!

E é claro, tendo consciência do factor efémero das relações, não deixo de alimentar as minhas amizades com outras mulheres, de preferência inteligentes e bonitas .

Infiel, desejo-te sinceramente que ultrapasses esses momentos menos bons. A vida é muito curta para carpir mágoas. Tira as férias que desejas e faz uma viagem com aquela pessoa de quem tanto aprecias a companhia. Se não for possivel... aproveita para conhecer outras.

Fica bem
Sempre teu Ubiquozinho


De Infiel a 15 de Junho de 2008 às 23:45
Ola Ubiquozinho
tive de procurar o significado do teu nick (confesso a ignorãncia) e até achei muito perinente o teu nick com a "confissão" que fizeste

- deixa-me agradecer-te as tuas palavras e o desabafo que fizeste no meu blog

não esperas que te faça criticas ou comentarios, e pergunto-me que esperas, já que disseste que tens um blog onde queres editar o que aqui escreveste que, com toda a certeza dou autorização, as palavras são tuas e gostaria muito de saber o link dele para poder seguir.te mais de perto

mesmo não querendo comentar a tua vida, tenho algo que gostaria tambem de desabafar contigo:

- o que contas são decisões que tomaste, são as sensações que tens
o que fazes é estar na vida de 3 mulheres com quem tens laços fortes e, se leste alguns dos meus posts sobre energia, deverás ter consciiência o quanto isso influencia a tua propria vida, os karmas que terás de resgatar ou que estás a criar

- eu nunca acreditei na razão vingança, para ter sexo com outra pessoa
Ou me dá tusa ou não da
que infidelidade modifica as pessoas, um relacionamento, é ha muito sabido, lidar com essa situação só alguns a conseguem de maneira positiva

- tens o teu proprio caminho, a situação em que vives e as decisões que tens de tomar para seres o que desejas ser
desejo-te muita força, muita segurança e muita luz

-"..... Para mim, esta é uma das mais bonitas formas de AMOR!!!"

ha muitas formas de amar e jamais a conseguiremos defenir na totalidade, porque cada um o sente na sua propria essência e saberá como ele é e o que espera dele

-"desejo-te sinceramente que ultrapasses esses momentos menos bons. A vida é muito curta para carpir mágoas"

muito obrigado, são só momentos, como tal .. efemeros!
a vida é muito curta mas temos tanto a recordar

-"Tira as férias ..."
e proxima semana estarei de ferias sim!
solsticio de Verão, um novo periodo, novo ciclo!!!
ainda não sei muito bem como as vou passar mas... serão muito boas, isso eu já sei


Mais uma vez agradeço o teu desabafo e, dispôe sempre que desejes porque estes testemunhos são muito importantes para mim

Um abraço








De Estupefacta a 14 de Junho de 2008 às 13:09
Bela paisagem.... Dá para alegrar as vistas.

Fica bem.


De Infiel a 15 de Junho de 2008 às 23:47

eu sabia que havias de gostar de ver o mar!!!






De NEOABJECCIONISMO a 14 de Junho de 2008 às 14:53
Ubiquozinho.
Como pessoa do género masculino, adorei o teu post, pela ousadia, pelo conteúdo e pela forma que encontraste para satisfazer a tua vida de traído. Trair em duplo. É um tema que me fascina, se achares interessante, visita-me. Gostava de aprofundar a parte das tuas inquietações.
Um abraço de amigo


De ubiquozinho a 14 de Junho de 2008 às 23:16
Neoabjeccionismo,
Agradeço o teu comentário, no entanto não concordo com a tua expressão 'trair em duplo'. Á luz de tudo o que aconteceu com o meu casamento, não considero que traia ninguem. A partir do momento em que fui traido, qualquer promessa de fidelidade que possa ter alguma vez dado, cai imediatamente por terra. E para continuar a viver em harmonia com uma pessoa que nos trai, é necessário compreender e aceitar as razões dessa pessoa. Simplesmente não nos podem exigir que continuemos essa relação com as premissas iniciais. Ok! Não lhe falo do assunto! Mas porque haveria de falar? Não encontro nenhuma razão para isso. Neste momento acho que tenho direito à minha privacidade. No entanto, devido a certas perguntas que ocasionalmente faz, julgo que a minha esposa também suspeita de algo. Mas também não se deve importar muito, uma vez que não é muito insistente.
Simplesmente estou envolvido com duas mulheres (e muito bem envolvido por sinal), às quais preencho as expectativas, satisfaço fantasias e alivio frustações.
Logo, pela minha parte, não vejo razões para falar em traição.
Quanto às minhas inquitações, não percebi o que queres dizer. Não tenho inquitações nenhumas!!??

Entretanto também criei um blog se pretenderes falar do assunto estás à vontade.

PS: Infiel, se não te importares vou postar estes testos escritos por mim, no meu blog OK? Obrigado.


De NEOABJECCIONISMO a 14 de Junho de 2008 às 15:02
Infiel. Amiga, encontraste a foto. Será que ainda é deste tempo? Parece Adão!
Do virtual, por vezes, advêm ideias loucas. E é no turbilhão das ideias que nos chegam que encontramos uma das razões de nós, resolver os dilemas que nos possuem.
o teu mail lambém é virtual ?
Um beijo amigo


De Infiel a 20 de Junho de 2008 às 04:40

se ele é Adão eu não me importo de ser a Eva hehe

- o virtual é parte do real, em tudo igual, já não tenho ilusões sobre este mundo que se abre atraves do meu monitor, a diferênça é que não tem cheiros e posso conversar contigo sem me preocupar se estarás acordado para me escutares hehe

o meu mail é publico e podes usa-lo para falares ao meu ouvido, sempre que desejares

Jinhos



De samsara a 14 de Junho de 2008 às 18:58
Infiel, que belo dia de praia!
Desejo-te excelentos banhos de sol e de mar e de...
Espero que estejas bem.
Bjs.


De Infiel a 20 de Junho de 2008 às 04:48

ainda ando por aqui hehe

espero ter optimos dias de praia e com uma companhia que faz muita concorrência a este da foto uhmmm

agora sim, vou tentar dormir mais um pouco para não trocar os sonos
Jinhos e um abraço cheio de luz



Comentar post

mimos (74) & memoires
moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

quantos infieis
CURRENT MOON


My blog is worth $30,485.16.
How much is your blog worth?

sonhos e dissertações

Discos vinil saudoso som

Atraiçoada

Feliz e quente Natal

ja nasceu hehehehe

A Tabacaria de Alvaro de ...

velocidade

O Bob

a parvoice foi embora

cigarro procura-se

Luta de Titans 1ª semana

Ano do Tigre Dourado

Luta de Titans

cucu

se natal é qd se ker.... :)

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Desistir/Recomeçar

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
102 comentários
80 comentários
78 comentários
75 comentários
75 comentários
69 comentários
59 comentários
Atraiçoada - o livro
Support independent publishing: Buy this book on Lulu.></a>
<div class=
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post