Sexta-feira, 24 de Abril de 2009
casamento

 

Casamento deveria ser uma festa para tornar publico o amor entre duas pessoas

pessoas que declaram a vontade de viver e evoluir juntos

acto que uniria mais todos os presentes

 

casar não significa segurança, ter ou possuir outra pessoa ou bens materiais, não significa poder exigir, esperar que algo seja fornecido pelo outro porque são casados

não é um acto para limitar, controlar, impedir ou restringir o outro

não é um acto para produzir obrigações mas sim para fornecer oportunidades

 

casar é uma partilha da intenção de viver, acompanhar e evoluirem juntos

amor, sabedoria, conhecimento, poder, compreensão, proteção, compaixão e força, reside dentro de cada um, casam com a esperança de dar para que o outro possa ter mais abundancia, que a felicidade de um não seja controlada e limitada pelo outro

 

casamento é oportunidade para que ambos possam desenvolver pessoal e individualmente, elevando-se ao potencial maximo como individuo e como casal

 

- O circulo é o simbolo do sol, da terra e do universo, da santidade, da perfeição e da paz

é o simbolo da eternidade da verdade espiritual, do amor e da vida, do que não tem principio nem fim

alianças são o simbolo de unidade, de união, envolvimento

o amor não pode ser possuido nem restringido e a alma nunca pode estar presa

 

 

 

 

 

 

"Seras minha companheira/o, minha/meu amante, minha amiga/o e minha mulher/marido Anuncio e declaro a minha intenção de te dar a minha mais profunda amizade e amor, nos bons e maus momentos, quando recordas quem és e quando te esqueces, quando ages com amor e quando não ages Procurarei sempre ver a Luz da Divindade dentro de ti e procurarei sempre partilhar essa Luz dentro de mim, sempre e especialmente nos momentos sombrios que possam advir

é minha intenção ficar contigo para sempre, numa sagrada parceria de alma, para que possamos fazer juntos o trabalho de Deus, partilhando tudo o que ha de bom em nós ... com todos aqueles cujas vidas tocamos

 

com esta aliança te desposo e coloco-a para que todos vejam e saibam do meu amor por ti" *

 

* - "Conversas com Deus" de Neale D. Walsch

 

 

P.S1 - calma!!!! a Infiel não vai casar mas, anda a pensar que direito tem o cônjugue de impedir a saida do outro desse matrimonio, fazendo chantagens materiais e pessoais

 

Se o casamento é o acto de celebrar um amor e uma jura de ajuda ao desenvolvimento pessoal quando termina esse ciclo, deveria continuar a ajudar e contribuir ao desenvolvimento do outro

 

Eu não me importava de encontrar alguem para ficar comigo para sempre, baseado nas palavras acima mas, a vida tem ciclos, são eternos enquanto duram e as mudanças são grandes oportunidades de desenvolvimento

encontrar alguem que nos faz sentir feliz é indicador de um novo ciclo

 

 

 

 

 

 


sinto-me: Feliz

escrito por Infiel às 11:47
link do post | desabafa | adiciona se gostaste
|

22 comentários:
De lana no mundo a 24 de Abril de 2009 às 14:53
Eu acho que o Casamento não passa de um papel assinado, um contracto , quando na verdade o verdadeiro casamento está no nosso amor ... eu já passei por um casamento , apesar de ter durado muito pouco tempo , foi o que foi .. serviu me de experiencia , serviu me para dar valor a coisas que antes não dáva ... mas acima de tudo serviu para me dar o devido valor a mim própria ... foi um clico como dizer no teu post , passou e um outro novo ciclo começou , sem papeis nem contratos apenas um sentimento, respeito e uma vida ...
beijinhos


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:22

".... e um outro novo ciclo começou , sem papeis nem contratos apenas um sentimento, respeito e uma vida ..."

e assim deveriam ser todos os relacionamentos num plano total e superior

mil sorrisos para ti



De jabeiteslp a 24 de Abril de 2009 às 15:30
aleluia
até pensei que te tinhas convertido
aos adventistas dos daquele reino unido
mas depois caio em mim
é bonito sim
"encontrar alguem que nos faz sentir feliz"

beijinhos
um bom e feliz fim de semana



De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:23

não te quero induzir em erro meu Anjo



jocas


De jabeiteslp a 29 de Abril de 2009 às 16:04

fico mais descansado...

beijinho


De Fisga a 24 de Abril de 2009 às 18:02
OLHA AMIGA. EU SAÍ HÁ PRESISAMENTE 30 ANOS DE UM CASMENTO DE 19 ANOS. E, TE GARANTO QUE ENQUANTO DUROU FOI MUITO BOM, COM TODAS AS LIMITAÇÕES ECONÓMICAS, SIM PORQUE ELAS EXISTIRAM PARA SE FAZER UMA CASA PARA DOIS, MAS TUDO É EFÉMERO, SENTI QUE O MUNDO ME CAIU EM CIMA DA CABEÇA, NA HORA DE DECIDIR. MAS 30 ANOS APÓS, SINTO SAUDADES. É SÓ O QUE SE ME OFERECE DIZER. BEIJINHO EDUARDO.


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:27

sabes Eduardo, por vezes tambem recordo a minha vida de casada (estive casada 20 anos e separei-me ha 6) mas, saudades ainda não senti, de vez em quando uma comparação de como era e como é a minha vida e, continuo a sentir.me muito bem com a atitude que tomei ao terminar o casamento

tudo é passageiro mas o sol brilha todos os dias

um abraço com mil sorrisos para ti


De Fisga a 29 de Abril de 2009 às 17:32
Olha amiga, Eu não me poço ver sozinho, e não é por dizer que me falta a criada, porque a mulher para mim nunca foi uma criada, eu sempre participei da lida da casa, e se não participo mais é porque ela não deixa. Ela se cozinha é porque quer, porque eu sei cozinhar e adoro cozinhar eu limpo a casa faço a cama e outras coisas mais, é só para veres que não estou encostado. É a minha forma de estar na vida, não me posso imaginar só. Porque se eu fosse uma pessoa que não me importasse de viver só, eu já me tinha separado, desta mulher, porque ela enquanto teve comichão na barriga, era uma coisa, agora Há 12 anos que lhe passou, porque foi operada á barriga, já não é mais a mesma. e eu custa-me muito ,a penso assim: Eu não me posso imaginar sozinho, tenho 72 anos quase 73, e vou para onde vou arranjar uma outra que eu também não conheço e depois se não nos entendemos O que também já não seria fácil com a idade que eu tenho, só se eu tivesse muito dinheiro é que era fácil de arranjar outra. Resumindo, Vou aguentando este fardo mesmo ela embirrando comigo por tudo e por nada, mas tenho que aguentar. Feliz és tu que não te importas de estar sozinha. Um beijinho Eduardo. P. S. Eu estive casado 19 anos e divorciei-me há 30 estive dois anos sozinho e depois arranjei conhecimento com este que era viúva e juntámo-nos, mas estou mal em especial desde que ela foi operada, e não penses que foi por eu a pressionar ao nível sexual, não ela dizia-me que não lhe apetecia e justificava-se e eu tudo bem, esquecia. Mas há um tempo para cá tornou-se impertinente.


De Liesel mulher a 25 de Abril de 2009 às 00:32
Então , concordo com tudo e um pouco mais...rrsrs

Neste mês estava para casar, mas vários imprevistos fizeram que eu e o meu noivo desistissimos...
Fique estasiada...boba... chateada..
Queria muito que desse certo, mas como meu noivo diz, não estavamos preparados para tal ainda..
Aguardo então o momento né?

abraços


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:29

claro que terás de aguardar o momento certo se bem que, tudo está sempre no momento certo
vive dia a dia, usufruindo de todos os sentimentos pois são eles que nos fazem sentir vivas

obrigado pela indicação de leituras



mil sorrisos para ti


De stevs a 26 de Abril de 2009 às 02:51
Olá!!!
Passei para dizer que recebeste uma espécie de "selo"...
Passa pelo meu blog, neste link: http://pra_se_falar.blogs.sapo.pt/39681.html , para vê-lo!!!
E boa continuação do blog!!!


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:31

obrigado pela lembrança e pela força, fizeste.me sorrir

um abraço com mil sorrisos para ti


De umbreveolhar a 26 de Abril de 2009 às 20:29
Olá minha amiga,
Antes de mais sinto-me contente por reabrires o teu blog duma forma algo subtil que na altura nem me apercebi. Parabéns por isso, porque a blogosfera sem ti ficava mais pobre.
Quanto ao texto que li com a atenção que o mesmo requer, estou de acordo. Ou seja os casais que têm sempre mais de 18 anos que escolham a união conforme dita o seu pensamento.
Cumprimentos e uma óptima semana,
CAB


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:34

Ola Carlos seja bem aparecido, é bom saber que este blog não foi esquecido :)

pensamento positivo e cuidemos a Natureza, estou contigo!

um abraço com mil sorrisos


De Bichana a 27 de Abril de 2009 às 12:24
Honestamente, não acredito no casamento, tal como tal como não acredito no Pai Natal...
bjnhos e uma semana fantástica para ti!!


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:36

heheh, eu entendo.te eu não tenho medo de relacionamentos mas o raio do papel assinado ainda me provoca azia, teria de estar MUITO apaixonada para cair noutra

relativo ao Pai Natal minha querida tens a foto de um aqui mesmo ao lado ... daí: ele existe sim!!!



jocas


De 1/3 segundos a 27 de Abril de 2009 às 16:00
Eu é que me estou a separar... e por estranho que pareça (digo eu...) eu acredito no casamento.


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:39

tambem entendo o que queres dizer e tal como disse á Bichana, ainda me dá azia a ideia de assinar um papel mas, encontrar alguem para poder ter um casamento digno desse nome e poder mante-lo é uma ideia bonita

um abraço cheio de força para ti


De 1/3 segundos a 27 de Abril de 2009 às 16:14
...e acredito que temos que nos esforçar para que dê certo! Mas sei que a determinada altura se as coisas continuarem a não dar certo, temos mais é que ser homens e mulheres com tudo no sítio e sair. :)


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:47

uma das razões porque recomecei a escrever foi por comentarios como o teu
imagino-te a ler e a assimilar o que escrevi e a pensar sobre determinada situação, obrigado!

- viver com outra pessoa, partilhar a nossa intimidade, não é facil, tem de haver um montão de ingredientes de ambos os lados e quando a farinha termina, o bolo ja não sai certo, então fazemos pudim, porque o importante é comer e dentro de nós temos todos os ingredientes necessarios para fazer uma optima refeição
não sei porque raio me lembrei desta analogia mas, espero que entendas que para tudo é necessario estar seguro de si mesmo e sentirmos que SOMOS CAPAZES e nós somos capazes de tudo, enfrentamos os nossos medos e sempre vencemos

um abraço


De encontros-a-lareira a 27 de Abril de 2009 às 17:44
Amiga... tudo são experiências e servem para nós evoluirmos....


De Infiel a 29 de Abril de 2009 às 02:49

adoro,te de verdade



Comentar post

mimos (74) & memoires
moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

quantos infieis
CURRENT MOON


My blog is worth $30,485.16.
How much is your blog worth?

sonhos e dissertações

Discos vinil saudoso som

Atraiçoada

Feliz e quente Natal

ja nasceu hehehehe

A Tabacaria de Alvaro de ...

velocidade

O Bob

a parvoice foi embora

cigarro procura-se

Luta de Titans 1ª semana

Ano do Tigre Dourado

Luta de Titans

cucu

se natal é qd se ker.... :)

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Desistir/Recomeçar

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
102 comentários
80 comentários
78 comentários
75 comentários
75 comentários
69 comentários
59 comentários
Atraiçoada - o livro
Support independent publishing: Buy this book on Lulu.></a>
<div class=
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post