Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010
a parvoice foi embora

 

 

Só eu para gastar uma fortuna na farmacia e .... para nada

 

Desde Sexta que não colei nenhum sistema no meu corpo e, o consumo de cigarros .... diminuiu

Conclusão: quando se quer, quere-se!!!

 

Mesmo nas situações mais apelativas ao cigarro, dou preferência ao não fumar, no fundo basta tomar a decisão de não o fazer

 

Continuo com o ritual do pequeno-almoço seguido do 1º mas, até ao fim do dia nem um maço fumo

Mudei alguns habitos alimentares, passei a comer mais fruta e sopas, como menos chocolates e mais tostas, saio mais vezes de casa e, comecei a namorar

 

Resultados visiveis: tenho côr na cara, peso menos 2kg e a casa deixou de cheirar a tabaco para cheirar a cão Pois é, ha 3 dias que os meus monstros passaram a viver comigo

 

Deixei-os sozinhos durante 5 dias e quando voltei, os cães e o gato, apresentavam sintomas de trauma de abandono

Tadinhos eu sei mas, foi por uma boa causa e ainda tinham agua e comida que daria para muitos mais dias Para tranquilizar a minha consciência (se é que a tenho) e assegurar-lhes que continuo a ser a sua dona querida, todos dormem dentro de casa Se bem que, com esta chuva e lama, não me convenha nada mas, preciso de garantir o seu amor por mim

 

Resultado: durmo entre 2 enormes pastores alemães e um mini tigre, o que não deixa de ter a sua piada ja que o macho decidiu que 10 da manhã é uma otima hora para acordar e, toca de subir à (minha) cama, puxar os cobertores (ante o olhar fuzilante do gato) enquanto o capado abana a cauda saindo e entrando do quarto (como se estivesse borrando as calças) A sorte deles é que os adoro e me fazem rir

Com este cenario acordo feliz e disposta a ter um otimo dia

 

 

 

 

 


sinto-me:


Segunda-feira, 13 de Julho de 2009
Atraiçoada - o convite

 

 

Estão convidados a ler, na íntegra, o meu livro "Atraiçoada"

 

Está publicado no site da Bubok com este link

 

http://www.bubok.com/libros/12751/Atraicoada

 

ou

 

http://www.bubok.pt/libro/detalles/47/Atraicoada

 

 

Depois de muitas semanas em formatação de texto e escolhas, acho que o resultado foi satisfatorio

Escolhi, para a capa, uma das fotos que tirei junto ao portão da minha casa, entre os bezerros e a primeira ninhada de cachorros Recordo que estava feliz no meio da bicharada

 

Quem aqui veio e não tem ideia do que estou a falar, pode dar um salto ao meu outro blog betrayed ou dar uma espreitadela na sinopse do livro, no site da editora espanhola Bubok, procurando: portugues/narrativa / novela 

 

https://www.bubok.es/tienda

http://www.bubok.pt

 

 

 

 

 

 

"Atraiçoada" - o livro

 

 

 

Agora já não podem queixar-se que vos desespero para saberem que se passou a seguir e, podem entender porque a Infiel dá tanta importância ao momento

 

Mil sorrisos para todos que me acompanham

 

 

 

 

 

 


sinto-me: Feliz


Quinta-feira, 25 de Junho de 2009
quem matou o gato???

 

 

ja experimentaram apresentar um gato a dois cães???

 

 

patinhas bem enroladas numa toalha porque

aquelas unhas não são para brincadeiras,uma mão no cachaço e voz de melaço

 

este é o Nicky, este é o Capado e este o Macho

lindos meninos

gatinho da dona

o gatinho é da dona - a voz torna-se autoritaria

lindos meninos - volta ao tom melaço

 

e o gato rosna

e os cães estão curiosos

 

papeis invertidos

 

a cabeça deles é maior que todo o corpo do outro

 

a curiosidade e o medo frente a frente

 

 

 

 

(por enquanto) colagem

 

 

paciência, perseverança e muito carinho

 

(além de tintura de iodo para a minha mão por ter sido descuidada )

 

 

 

 

 


sons: "animals" Pink Floyd


Terça-feira, 23 de Junho de 2009
vou mata-lo!!!

 

- quando quis companhia, alguem para me amar incondicionalmente, que estivesse disposto a sair sempre que me apetecesse e onde eu quisesse

que sempre se mostrasse feliz por me ver, que me aquecesse os pés mas que expulsava da cama quando estava calor

alguem que não se importasse se eu era gorda ou magra, jovem ou velha

 

comprei um cão

 

- quando pensei que o bicho passava muito tempo sozinho e que exigia mais tempo do que estava disposta a dar-lhe

 

comprei outro cão

 

- quando os 2 cresceram e achei que ocupavam mais espaço do que eu, na minha cama, quando havia mais pêlo que pó e passava as folgas a limpar o que eles sujavam

foram para o canil

 

- quando comecei a pensar que eles eram brutos e grandes e que preferiam brincar um com o outro, em vez de comigo, quando quis ter companhia dentro de casa

 

desejei um gato

 

- e como os desejos se tornam realidade

o Nicky está ao meu colo

 

ha 3 dias que grita (sim, porque aqueles sons só podem ser considerados gritos) dia e noite

bufa quando me aproximo, ataca os cães e salta por cima de tudo

 

pergunto-me:

para que raio quero eu um bicho que:

 

me ignora quando chego a casa, só salta para a minha cama quando me sente a dormir (para gritar aos meus ouvidos), que desaparece quando estou a tentar relaxar e até gostava de lhe fazer festas que, sei, que se irá comportar como se toda a minha existência só servisse para garantir a sua felicidade???????????

 

ou o gajo muda e se torna um felino domestico ou mato.o!!!!

 

 

 

 

 

P.S. estou a dramatizar não vou matar o bicho mas, a primeira semana é sempre terrivel

eles sentem saudades da progenitora e ainda não se acostumaram ao novo ambiente

é muito meigo, bufa mas deixa-se agarrar (depois de o encostar a um canto qualquer) e ao meu colo ronrona, ainda não se acostumou aos cães e vai ocupar-me tempo e paciência para vivermos todos em familia e, esta noite ja consegui dormir umas quantas horas seguidas mas, que me desespera .... desespera!!!!

 

P.S.2 este post está inspirado num mail (não assinado) que recebi ha uns tempos com conselhos para a mulherada que não pode esperar de um homem o que os cães lhe dão:

amor incondicional, fidelidade, alegria ........ 

mas eu não troco os meus cães por qualquer companhia e para despertarem comigo ...... terão de o merecer

 

 

 

 

 


sons: cats


Terça-feira, 20 de Maio de 2008
cão, gato e ouriços

 

Ontem foi uma noite espectacular e especial

noite de lua cheia em Escorpião, sol a entrar em Gemeos

equivalente a dizer:

optimo periodo de agilidade mental e propicio a exercicios fisicos assim:

 

 

 

 

 

hospedagem dos ouriços Lda

 

 

POST PARCIALMENTE APAGADO

 

OBRIGADO

 

 

 

 


sinto-me: tarada


Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008
machos!!!

 

 

A cadela da vizinha (não interpretar mal) anda saída e há 3 dias que os meus bichos estão fechados no canil, para evitar confusões no jardim da dita cuja mas....

não resisti quando soube que os donos não estavam em casa.... soltei o meu macho:

 

- "Olha menino tens meia hora para dares uma queca!!! Aproveita-a bem!! meia hora, ouviste???"

 

Como resposta levei uma lambidela carinhosa e, abri o portão (o capado ficou de castigo para não estragar o arranjinho)

 

O gajo corre que nem uma barata tonta pelos campos, volta ao portão, sorri e... lá vai ele estrada abaixo a caminho da gaja que lhe anda a tirar a vontade de comer ha 5 dias.

 

Eu fiquei a observar no portão e... o gajo salta o muro (meu macho lindo e atletico, pensa a dona toda babada), corre em direcção á casa da outra e...

dá de caras com um rival, um rafeiro minusculo que, foge assim que o vê!!

 

Então o meu macho, o orgulho da minha vida, corre atrás do outro. salta o muro (o outro passa por baixo), evitam arvores, e já não tendo como escapar-se, o pequenino encolhe-se encostado a um arbusto. O meu macho rosna-lhe e... volta para casa!!!

 

 

 

 

 

 

Desperdiçou uma oportunidade ou mostrou-se um cavalheiro???

 

 

 


sinto-me: indignada


Sábado, 26 de Janeiro de 2008
despedidas

 

 

Deixemo-nos de cinismo, não tenho como prioridade encontrar um gajo mas, não me importava de encontrar alguem que, minimamente me agradasse

Por vezes acho que sou demasiado exigente, ora será o discurso, ora os olhos, ora as mãos, ou o pikeno tem ou não tem a barba que me agrada Tenho sempre que encontrar alguma coisa que me desagrada, quando eu até gostava de encontrar tudo que me agradasse

Os tempos de caçadora já passaram, as tecnicas de caçar já não me seduzem, nem de fazer de presa me atrai (espero que seja só ressaca)

 

Estava de ferias, num País desconhecido em busca de mim mesma, de provar que ainda sou aventureira, que ainda sou capaz de fazer, de me ultrapassar Queria escutar o Mar Negro e saber se o seu idioma era diferente do Atlântico, se Neptuno me seguiria e me revelaria os seus misterios

 

Mas o Mar Negro é tão azul e cinzento como o Pacifico, mas é mais calmo, mais sedutor as suas ondas lambem devagarinho a praia com cadaveres de moluscos, o sangue salpica a areia e os passaros morrem de frio

 

Como se Neptuno me desse importância suficiente, enviou um jovem leão marinho a terra Saiu da agua como se fosse um gato molhado, os bigodes a brilharem, apoia-se nas suas patitas dianteiras me observando a menos de 50 metros

Fiquei tão estupefacta que nem me lembrei da Pentax, fiquei embriagada com os brilhos da pele negra, com o seu focinho curioso, com os olhinhos observadores

As criaturas marinhas vinham despedir-se de mim, já podia voltar á capital

 

 

 

praia de Mamaia, cascas de moluscos

 

 

 

Voltei de autocarro, um mini bus de 28 lugares, ar condicionado e com direito a uma smoking-break a meio da viagem, o mesmo preço que o comboio (11€), lá entendi que faltavam 20 minutos para a partida

 

A neve derretia em poças de lama, os passageiros escolhiam os seus lugares, os putos desgrenhados e sujos, estendiam as mãos para uma moedinha, lançavam-me injurias por os ignorar e não lhes dar "euros" A gaja da barraca vendeu-me agua com gas quando pensei que tivesse entendido que era sem gas, dei a garrafa aos putos (que a receberam com alegria disparatada) e entrei no autocarro, disposta a passar 2 horas sem fumar

Escolhi um lugar no fim do corredor, junto a uma janela onde podia acompanhar o pôr do sol, um minuto antes da partida entra um casal esbaforido

ao meu lado senta-se um senhor gordo, careca, transpirado e... ao seu colo um chihuahua pouco amistoso

 

De repente fui lançada para um avião, para voar para o meio da Amazonia, um avião sem ar condicionado, em que as galinhas eram transportadas dentro de cestos de palha mas, desta vez eu estava, na Europa, numa Europa em que os animais domesticos (ainda) não são obrigados a viajarem dentro de gaiolas e na bagajeira

 

O bicharoco até se portou bem, virou-me a cauda e só tinha olhos para a dona, no outro banco A dada altura que ele estava, visivelmente com sede, daí que mais irritado o dono, diz-me, com um sorriso de desculpa: "problemas, problemas" Eu sorri abertamente e mostrei-lhe a foto dos meus dois pastores alemães: "problemas seriam se fossem estes hehe"

ele entendeu e formou-se uma ligação de empatia, mostrou a foto á senhora e devolveu-a com um sorriso de compreensão

 

 

lá fora cada vez mais frio

 

 

 

 

 

p.s. aqui as fotos não parecem de grande qualidade, deixo-vos o link do album

 

 

 

 


sinto-me: viajando


Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008
os vampiros satelites

 

 

Entre demolhar no jacuzzi, nadar na piscina, passear na praia coberta de cascas de moluscos, que se desfaziam em pedacinhos, tornando-se parte da areia fina, tirar fotos a  gaivotas, melros, patos, ao lago congelado e tomando conhecimento com todos os cães da peninsula (e quem tem medo de cães, Romenia é para evitar, porque se em Portugal os há... por aqueles lados são mais que muitos e bastante territoriais), os dias iam passando

Não resisti em marcar uma massagem (15€  / 50 minutos) que me fez dormir 14 horas seguidas, nessa noite

 

 

 

jardim traseiro do hotel ainda com restos de neve e águas congeladas

 

 

 

Os primeiros dias estiveram tal e qual eu os queria:  frios, nuvens carregadas, promessa de neve o que me enchia de alegria, por poder usar o meu gorro e cachecol, os dois pares de luvas (enfiadas uma na outra), o meu pobre e protector kispo (comparado com as peles dos seus casacos, só deviam usar kispos turistas e crianças), beber cha quentinho a olhar para um mar calmo e carregado de segredos

 

 

 

vista da varanda do quarto

 

 

Haviam vampirinhos sim senhor mas, nada de interessante, daqueles que nem que prometessem o Santo Graal, valeria a pena ser mordida

Juntam-se em grupinhos, de gorros enfiados até ao pescoço, barbas com mais de 5 dias, já demasiado fofas para o meu gosto

No spa ainda apareceram alguns mas, ora acompanhados pelas respectivas femeas ora sem interesse visual ou totalmente ocos de espirito

 

Uma das manhãs acordei com um sol diabolico!! daquele sol que nada lhe faz frente, nem uma nuvem naquele ceu azul claro

Oa bolas, onde está a neve??? Como vai fazer calor nesta terra???

Para passar a birra, fui á cidade, Constanta, terra de marinheiros

 

Cansei-me de andar naquela cidade de enormes avenidas, ladeadas de predios sem interesse, aborreci-me no mall (shopping) mais importante da cidade, iria voltar ao meu querido e lindo hotel e mergulhar na piscina, onde pelo menos podia observar alguns rabos bem feitos!

 

Um taxista passou e disse algo, sorri, "pois pois, a mim não me chulas tu" - os taxistas estão em todo o lado, muitos sem taximetro e se não discutir o preço antes são capazes de nos levar á banca rota (mas eu aprendi a lidar com eles na America do Sul), só que este não desistiu Deu a volta ao quarteirão e tornou a surgir á minha frente - "bem pelo menos o rapaz conhece a cidade hehe" Acabei por me esquecer dele nas ruelas onde observava as imensas casas que vendiam roupas em 2ª mão, botas de pele ou bijutaria barata

 

Senti-me cansada, a tarde já ia no final e ali nada havia de interessante, queria ir nadar e partilhar uma sandes com um dos cães que viviam na praia, era um programa mais interessante do que continuar na cidade, transpirava por baixo das camisolas, tinha fome

"Vou mas é apanhar um taxi, direitinha ao hotel, já nem me meto em autocarros" (o ultimo até nem tirei bilhete, achei que o Governo me devia dar uma borla nos seus transportes publicos, por serem tão pouco practicos) e pensando num taxi, meti-me numa avenida Havia uma fila deles "Fixe!"

Quando me aproximei...   lol, era o tal rapazito que me havia seguido nas ruelas anteriores

-"Are you following me???" - aproximei-me da janela aberta, atraída pelo sorriso do condutor

- "Yes!!!"

ai tou tramada! mas o rapazito tem um sorriso encantador e é persistente, além de ter dado provas que conhece bem a cidade

 

Bem meninas, encontrei o primeiro vampiro mas...

fez-me rir até ás lagrimas, com o seu sentido de humor, levou-me, de graça, até ao hotel e pelo caminho correcto e, se bem que tivesse insistido para conhecer o meu esplendoroso quarto... o facto da namorada ter o meu nome, congelou a possibilidade de lhe mostrar o fogo de uma portuguesa, além de que a sua barba  não arranhava (se ele soubesse que nem era pelo nome da outra mas sim pela barba, acho que iria traumatizar o rapaz para o resto da vida)

O seu inglês era perfeito, o seu sorriso encantador mas... não seria ele a prometer vida eterna a troco de uma dentada

 

O outro sim, esse ainda me está atravessado e se quiserem saber mais.... eu contarei hehe

 

 

 

arredores de Constanta

 

 

 

 

 


sinto-me: ainda em viagem


mimos (74) & memoires
moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

quantos infieis
CURRENT MOON


My blog is worth $30,485.16.
How much is your blog worth?

sonhos e dissertações

a parvoice foi embora

Atraiçoada - o convite

quem matou o gato???

vou mata-lo!!!

cão, gato e ouriços

machos!!!

despedidas

os vampiros satelites

se natal é qd se ker.... :)

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Desistir/Recomeçar

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
24 comentários
10 comentários
8 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
Atraiçoada - o livro
Support independent publishing: Buy this book on Lulu.></a>
<div class=
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag cães