Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010
O Bob

 

"Uma noite o Bob chegou a casa bebado, escorregou para dentro da cama onde estava sua mulher e, adormeceu profundamente.

 

Acordou perante o Grande Portão onde estava S. Pedro e este disse-lhe: Bob, morreste durante o sono"

Bob ficou estarrecido Estou morto?? Não, não pode ser Ainda tenho muito para viver Por favor, por favor, manda-me de volta!"

 

S.Pedro disse-lhe: "Lamento Bob mas se houver uma maneira de poderes voltar, será como galinha"

 

Bob estava devastado mas, concordou e pediu-lhe que o mandasse para uma quinta perto de sua casa

Depois só toma consciência que está coberto de penas, cacarejando e picando a terra

 

Um galo passou perto e disse-lhe : Uhm és a nova galinha! Que tal o teu primeiro dia aqui?

 

- Nada mau, respondeu o Bob, mas sinto-me esquisito, algo dentro de mim parece que vai explodir

 

- Ah estás a ovular, explicou o galo, Não me digas que nunca puseste um ovo??

 

- Não, nunca - disse o Bob

 

- Então relaxa e deixa que aconteça, disse o galo Não é nada de especial

 

O Bob então tentou seguir os conselhos do galo e uns inconfortaveis segundos depois, expeliu um ovo

Bob estava super feliz com a emoção da maternidade, experimentada pela 1ª vez A seguir expele outro ovo, a sua felicidade era contagiante

 

Assim que se estava preparando para expelir um 3º ovo sentiu uma pancada na cabeça e escutou a voz de sua esposa, gritando:

 

BOB, Bob, acorda Cagaste a cama"

 

 

recebi por mail, traduzi e partilho contigo

 

 

 

 

 

 




Domingo, 13 de Setembro de 2009
humor e coisas serias

 

"Se para a Igreja a pílula do dia seguinte já é aborto, então, surgem-nos algumas dúvidas:

- A masturbação é homicídio prematuro ou premeditado?
- E o sexo oral? Será canibalismo?
- Poderemos considerar o coito interrompido como abandono de menor?
- E o que dizer do preservativo? Por acaso será homicídio por sufocamento?" 
 

 

 

Leis existem para que as atitudes sejam coerentes dentro da sociedade, para que seja minima a responsabilidade de decidir e, quantas vezes decidimos porque é permitido?

quantas vezes negamos ou desejamos só porque é proibido??

o que é bom para uma pessoa pode não ser para outra, daí a GRANDE responsabilidade individual, de tomar decisões e recorda que: não existe nem lei, nem religião que vivam a tua vida

- Abortar é uma das tais decisões que jamais deveria ser tomada com frivolidade

Utilizamos o humor em diversas situações, mesmo naquelas mais aterrorizantes, servimo-nos dele para aliviar tensões, por vezes, camuflando uma tristeza de alma ou simplesmente utilizamo-lo para provocar um sorriso a quem mostra uma lagrima

Mas um sorriso provoca milagres

 

Recorda que a nada és obrigada a não ser seguir o teu coração!

Mil sorrisos para ti  

 

 

P.S. a Infiel não está gravida não!

 P.S.2 É impressão minha ou a blogoesfera está ... estranha????

 

 

 




Terça-feira, 11 de Agosto de 2009
o 1º sorriso triste

 

se os sentimentos são muito mais importantes que as palavras porque teimamos em falar??

ja se falou tanta coisa, ja disse tanto e, no final que sentimentos nos restam?

cada um tem a sua batalha diaria a ganhar

quando estamos atravessando crises de baixa auto-estima queremos continuar a sentir mal

buscamos nas palavras a razão para continuarmos a sentir que nada somos ou merecemos

quando as lagrimas teimam em cair imaginamos razões para continuarem a cair, quando o sorriso se vai, teimamos em deixa-lo amarrado no fundo da alma

 

estamos atravessando dias de sofrimento e não encontramos razões para deixar de sofrer

sofrer é a nossa vida, assim cravada de espinhos e sem alegrias

o marido tem outra mulher, o filho droga-se, o emprego é desgastante e rotineiro, o ordenado não chega ao fim do mês

esta é a vida

com dificuldades

 hora a hora os dias passam, as noites não trazem descanso e o amanhecer é enublado pelas prespectivas do novo dia igual ao anterior

 

vivem sem se sentirem vivos

as refeições são mudas, os dialogos são os escutados no televisor, as lagrimas teimam em queimar o canto do olho e a boca rigidamente não obedece a um espreguiçar

as orações são carregadas de mea culpa e lamentos sem soluções

 

 

- em mês de ferias e calor ha quem pense que o sol não brilha para si

para essas pessoas a promessa de um amanhã melhor significa a morte fisica

 

recordo que o amanhã é experimentado hoje e a dificuldade está SÓ no primeiro passo

 

 

P.S. este post é um alerta para alguns que se sentem infelizes a quem gostaria de recordar que a experiência é mais sabia que qualquer falsa confiança

e para experimentar teremos de fazer e ser

experimente olhar o espelho e sorrir para essa cara

 

mesmo um sorriso triste é enriquecedor

e ele gosta de companhia

basta o primeiro surgir, a seguir virão mais

vá lá .... um sorriso

por ti

para ti

 

 

 

 

 

 

 




Segunda-feira, 11 de Maio de 2009
morte com hora marcada

 

 

a situação mais certa da vida é a morte

a morte de um corpo

a separação de algo que consideramos a nossa vida

 

quantas pessoas vivem com medo do inevitavel?

quantas pessoas deixam de viver com medo de morrer???

 

sabemos que, um dia ..... morreremos

e o que nos leva ou não a tomar determinadas atitudes é exactamente o facto de não sabermos como e quando iremos morrer

 

 

mas, ha seres especiais que têm encontro marcado com a morte

a noticia é dada por determinado medico, após alguns exames e essa pessoa sabe que tem um tempo limite para viver

 

que reações surgirão nesse individuo?

como encaramos a morte?

 

 

hoje eu tive um encontro com alguem a quem foi dito que a sua vida estava limitada a determinado tempo

e a sua reação foi:

perder a consciência da realidade

foge da noticia, nega a sua veracidade

sai de casa

inventa acidentes, aluga quartos em hoteis caros, saindo sem pagar, caminha como vagabundo e perdido

perde-se entre a realidade e fantasia

não tem coerência nas frases, ameaça com policias imaginarios, procura a familia dentro de roupeiros, sua roupa em frigorificos

 

enlouqueceu!

 

- Fiquei impressionada com o comportamento alucinogenico do individuo

para não enfrentar a morte, não enfrenta a vida e um destes dias abandonará seu corpo e continuará perdido algures entre espaços

 

 

- tinha de escrever sobre isto, amo a vida e não me preocupo com o final dela mas.....

se eu soubesse que teria so mais um mês de vida????

que iria fazer?

deambulo na imaginação e não serei capaz de dizer, precisamente como iria reagir mas, talvez estivesse tentada a ter comportamentos mais bizarros, a ultrapassar inibições ja que se o fim estava proximo e não sofreria consequências dos meus actos

 

assaltar um banco seria tentador

desde que tivesse possibilidade de sair com todo aquele dinheiro e gasta-lo em nada de especial ou distribui-lo como chuva, para quem cruzasse o meu caminho, só pelo gozo de observar a reacção de outros

 

mas, seria realmente essa a minha maior tentação??

estranho, como pensar sobre o fim nos dá uma incrivel sensação de poder fazer

 

morreremos como vivemos

se posso imaginar o fim desta minha vida

será um grandessissimo orgasmo

 

 

 

 

 


sinto-me: com sono lol


Terça-feira, 2 de Setembro de 2008
NMM Nuno Marques uma historia de morte

 

 

como disse se é importante a Infiel sabe e

tinha acabado de editar o post anterior quando me lembrei de telefonar ao morto

 

algo que outras duas pessoas também fizeram

 

 

 

então o rapazito diz que foi uma brincadeira, dividia o blog com dois amigos que o 'mataram' e ele, ainda, não sabe porquê ......

que a maior parte dos posts eram dele sim senhor

 

- expliquem-me como se partilha um blog, se sabe que fomos 'mortos' e, não falamos com as pessoas com quem partilhamos o blog???

 

 

Ora bem temos um caso de quem usa a blogoesfera para mostrar exactamente como não é, mostrando como é

 

esta semana um jovem de 20 anos meteu-se no carrito, depois de saber que a namorada andava a curtir com outro e, espetou o carro serra abaixo

 

ha umas semanas uma jovem de 20 e poucos fez o mesmo, noutra serra

 

e todos os dias alguem morre por amor

 

e todos os dias alguem brinca com o virtual, sem ter consciência que o virtual é tão real como a realidade

 

não ha impossiveis e somos seres fantasticamente inteligentes e capazes de TUDO

 

 

existe quem viva com consciiência, responsabilidade e dignidade

existe quem viva para se divertir, camuflando-se.......

 

fico feliz por saber que o Nuno não morreu mas existem outros Nunos........

 

existe quem morra por amor

existe quem viva por amor

 

 

 




NMM Nuno Marques uma historia de amor

 

 

Ha umas semanas tive um novo vistante que me pareceu interessado no tema amor e no entender as mulheres

 

até aqui nada ha de especial, todas as mulheres são dificeis de entender, são como a lua

 

ciclicas, belas e poderosas

 

já aqui disse que o tempo que dedico a este blog e à blogoesfera é importante para mim , posso não comentar nem visitar, todos os dias, blogs mas, mantenho-me atenta e tento seguir os que por aqui também passam

 

só visitei o blog do Nuno ha uns dois dias, penso eu, li desespero e um sentimento profundo por uma mulher que ele sabia mal amada mas que não correspondia ao seu amor

uma mulher maltratada pelo marido mas profundamente amada por ele

ele oferecia-lhe tudo até a sua vida

 

palavras não foram suficiente para que ele repensasse no que lhe oferecia

 

quem teve acesso ao seu blog impede-nos de reler as suas palavras e o link conecta-nos somente ao seu perfil, é pena mas, quem o fez teve as suas razões

 

Para que outros repensem no acto do NMM que não mais se encontra entre nós

 

cada um tem a sua vida, a sua missão, os seus objectivos,  ninguem tem o direito de julgar ninguem mas tenho de dizer que me senti profundamente triste pelo seu acto e que por muito que se ame alguem e não se sinta amado da mesma forma existe sempre uma esperança de viver por amor que é muito mais importante que morrer por amor

 

a dor da saudade, a solidão de um coração apaixonado é terrivel e dilacerante mas, sentir esse amor e continuar a viver por esse amor, pode ser um objectivo de vida 

 

O Nuno disse-me que somos um arco-iris, que nem todos temos a mesma força mas .......

 

 

Paz à sua alma e força para quem todos os dias se sente morrer por amor e que cada dia encontra uma razão para continuar a viver por amor

 

 

 

 

 


tags: , , ,


Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007
DIARIO DE UM CÃO!

 

*

*

Porque considerei importante o post do meu amigo  Sextrip recordei este texto que, sempre me faz chorar, quero partilha-lo convosco:

 

*

*

*

 

>"1ª semana - Hoje completei uma semana de vida. Que alegria ter chegado a este mundo !
>
>1 mês - A Minha mãe cuida muito bem de mim. É uma mãe exemplar!
>
>2 meses - Hoje separaram-me da minha mãe. Ela estava muito irrequieta e, com seu olhar, disse-me adeus.
>
>Espero que a minha nova "família humana" cuide tão bem de mim como ela o fez.
>
>4 meses - Cresci rápido; tudo me chama atenção. Há várias crianças na casa e para mim são como "irmãozinhos".
Somos muito brincalhões, eles puxam-me o rabo e eu mordo-os na brincadeira.
>
>5 meses - Hoje deram-me uma bronca. A Minha dona ficou incomodada porque fiz xixi dentro de casa. Mas nunca me haviam ensinado onde deveria fazê-lo. Além do que, durmo no hall de entrada. Não deu para aguentar.
>
>8 meses - Sou um cão feliz! Tenho o calor de um lar; sinto-me tão seguro, tão protegido...
Acho que a minha família humana me ama e me dá muitas coisas.
O pátio é todinho para mim e, às vezes, excedo-me, cavando na terra como meus antepassados, os lobos quando escondiam a comida.
Nunca me educam. Deve ser correcto tudo o que faço.
>
>12 meses - Hoje completo um ano. Sou um cão adulto. os meus donos dizem que cresci mais do que eles esperavam.
Que orgulho devem ter de mim!
>
>13 meses - Hoje acorrentaram-me e fico quase sem poder movimentar-me até onde tem um raio de sol ou quando quero alguma sombra.
Dizem que vão me observar e que sou um ingrato. Não compreendo nada do que está a acontecer.
>
>15 meses - Já nada é igual... moro na varanda.
Sinto-me muito só. A Minha família já não me quer! As vezes esquecem-se que tenho fome e sede. Quando chove, não tenho tecto que me abrigue...
>
>16 meses - Hoje tiraram-me da varanda. Estou certo de que a minha
família me perdoou. Eu fiquei tão contente que pulava com gosto. O meu rabo parecia um ventilador. Além disso, vão levar-me a passear!
>Dirigimo-nos para a estrada e, de repente, pararam o automóvel.
>
>Abriram a porta e eu desci feliz, pensando que passaríamos o nosso dia no campo.



Não compreendo porque fecharam a porta e se foram. "Ouçam, esperem!" lati... esqueceram-se de mim... Corri atrás do carro com todas as minhas forças.A minha angústia crescia ao perceber que quase perdia o fôlego e eles não paravam. Haviam me esquecido!
>
>17 meses - Procurei em vão achar o caminho de volta ao lar. Estou só e sinto-me perdido ! No meu caminho existem pessoas de bom coração que me olham com tristeza e me dão algum alimento. Eu agradeço-lhes com o meu olhar, desde o fundo da minha alma. Eu gostaria que me adoptassem:
Seria leal como ninguém! Mas apenas dizem: "pobre cãozinho, deve ter-se perdido."
>
>18 meses - Um dia destes, passei perto de uma escola e vi muitas crianças e jovens como os meus "irmãozinhos" aproximei-me e um grupo deles, rindo, atirou-me uma chuva de pedras "para ver quem tinha melhor pontaria".
Uma dessas pedras, feriu-me o olho e desde então, não vejo com ele.
>
>19 meses - Parece mentira. Quando estava mais bonito, tinham compaixão de mim. Já estou muito fraco; meu aspecto mudou. Perdi o meu olho e as pessoas mostram-me a vassoura quando pretendo deitar-me numa pequena sombra.
>
>20 meses - Quase não posso mexer-me. Hoje, ao tentar atravessar a rua por onde passam os carros, um acertou-me. Eu estava no lugar seguro chamado "berma", mas nunca esquecerei o olhar de satisfação do condutor, que até se vangloriou por acertar-me. Oxalá me tivesse matado. Mas só deslocou as patas traseiras. A dor e terrível. As minhas patas traseiras não me obedecem e com dificuldade arrastei-me até a relva, na beira do caminho.

*
Faz dez dias que estou embaixo do sol, da chuva, do frio, sem comer. Já não posso mexer-me. A dor é insuportável. Sinto-me muito mal, fiquei num lugar húmido e parece que até o meu pelo está a cair...
>
>Algumas pessoas passam e nem me vêem; outras dizem: "não te chegues perto".
Já estou quase inconsciente; mas alguma força estranha me faz abrir os olhos. A doçura de sua voz fez-me reagir. "Pobre cãozinho, olha como te deixaram", dizia...
>
>Com ela estava um senhor de avental branco. Começou a tocar-me e disse:
"Sinto muito, mas este cão já não tem remédio. É melhor que pare de sofrer". A gentil senhora, com as lágrimas rolando pelo rosto, concordou.
>
>Como pude, mexi o rabo e olhei-a, agradecendo-lhe que me ajudasse a descansar. Somente senti a picada da injecção e dormi para sempre, pensando em porque tive que nascer se ninguém me queria..."
*
*
*

>

foto de um cão depois de uma luta

*

*

*

Amigos, a solução não é abandonar um cão na rua, mas sim educa-lo. Não transformem em problema tão grata companhia. Ajudem a abrir a consciência dos ignorantes e, assim, poder acabar com os maus tratos aos animais, especialmente com o problema de cães de rua. Passa esta mensagem a quantas mais pessoas puderes se o achares importante!!!
*
*
*

 

 

 

 

ANIMAL avança com grande campanha para implementar em Portugal uma nova e moderna lei de protecção dos animais

Campanha “Manifesto ANIMAL, Pelo Fim dos Crimes Sem Castigo” apresenta e defende uma proposta orientadora para um Código de Protecção dos Animais que, se aprovado pelo Parlamento, virá finalmente reformar, modernizar e tornar mais justa a protecção legislativa dos animais em Portugal

 

 

............................................. para ler o manifesto  

 

 

.............................. para entrar no site e assinar o manifesto

 

 

 

 

 

 


sinto-me: com quem não respeita a vida


Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007
Perder e amar

 

 

Quem já perdeu tantos amigos como eu, tem medo de não aproveitar o melhor que cada segundo da vida nos proporciona

 

O meu melhor amigo, foi meu confidente e conselheiro

a única pessoa de quem escutei conselhos.

Conheci-o como meu chefe, era o meu mentor, protector

Era casado e tinha 6 filhos, adorava a sua grande familia, eu era mais uma filha

Durante 15 anos acompanhou a minha vida profissional e emocional

Chorei no seu ombro, chorou no meu

ri-me das suas parvoíces, riu-se das minhas

contava-me as suas escapadelas, contava-lhe os meus desgostos

 

Uma manhã recebo um telefonema de uma filha

tinha adormecido no seu sofa favorito

embolia cerebral fatal

em vez de estar a almoçar com ele,

como tinhamos combinado 3 dias antes

estava a beijar sua testa fria

 

- O meu outro melhor amigo

foi meu prof na faculdade

era a sua melhor aluna

a sua disciplina a minha favorita

 

Depois de terminar o curso

continuamos a nos encontrar

a discutir Arte e Musica e Esoterismo e um milhão de coisas mais

 

Foi a pessoa mais inteligente que conheci

Tinha grande admiração por ele

a nossa amizade sobreviveu a dois divorcios

e a muitas contrariedades

 

Frequentemente o visitava ou saíamos

recordo muitas loucuras noctívagas

além de homem culto era um boémio

Tudo o que conheço da vida nocturna da capital o devo a ele

 

Quando não nos encontravamos, telefonava

punhamos a rotina em dia e prometiamos mais uma saida

tal como aconteceu numa noite sem lua

No dia seguinte recebo um telefonema da namorada

Ele tinha adormecido na sua cama

Ataque cardíaco fulminante

 

Na noite em que deviamos estar a correr os novos estaminés da cidade

molhava sua barba com as minhas lagrimas

 

- Minha mãe foi a uma consulta de rotina e não voltou

 

- Minha amiga de infãncia partilhou um gelado no jardim

e nunca mais a vi...........................

 

 

A coisa mais certa da vida é a Morte

 

 

Depois de ter perdido tantos amigos não quero perder um segundo sem ti

 

 

O tempo arrasta-se e jamais se recupera

Já perdi tanta coisa

tenho tanto medo de te perder sem nunca te ter tido

 

 

 

Porque me despertas se não tens intenções de me saciar?

 

 

 

 

 

 

 

 

 


sinto-me: sozinha e acompanhada


Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007
os meus machos

 

 

- O meu primeiro macho foi um Pastor Alemão todo negro

por isso diziam que era um Lobo da Alsacia

Em adulto pesava 59kg

 

Ele era de uma vizinha, vivia amarrado á casota

um dia o filho dela, veio mostrar-me um bicho de 6 meses, bolinha de pelo negro

"Cuidado ele é muito mau, a minha mãe tem de lhe dar com a vassoura, para ele obedecer!"

 

Olhei aquela bolinha, baixei-me e dei-lhe as minhas mãos para ele as cheirar,

deixei de escutar os avisos sobre ele morder....

os olhos eram de um castanho escuro brilhante

eu via um sorriso neles

Foi amor á primeira vista

Fiquei com ele

Eu era o seu mundo

 

Nunca usei trela mas sempre me seguia, mentira, sempre me acompanhava

era a minha sombra, o meu melhor amigo

Escusado será dizer que ele não admitia ninguem ao meu lado

Nos encontros de cafe, á minha volta havia um espaço de 2 metros

aos meus pés um 'monstro' negro

Eu tinha 16 anos

 

Morreu 2 anos depois com leishmaniose (transmitido pela picada de um mosquito)

 

- Já casada, o marido trouxe uma coisa negra com 15 dias

era orfão, fruto de um cruzamento de raças não identificadas

Alimentei-o a biberão

Todas as noites esperava que eu me deitasse,

vinha junto a mim,

lambia-me as mãos e enroscava-se aos meus pés, no chão.

Sabia contar até 3

 

Morreu com 6 meses atropelado numa tarde de Outono

 

- Para minimizar o desgosto ofereceram-me um Setter Gordon,

cachorro patético, desengonçado

que se transformou num cão magnifico,

Belo, inteligente como nenhum outro

 

Tinha este 6 meses de idade, retirei um Pastor Alemão de um pseudo-dono,

este também com 6 meses

 

- O novo Pastor Alemão, o #2, vinha com uma perna partida e com esgana

 

Dois anos depois, totalmente recuperado

numa ida ao pinhal,

em vez de subir para o jeep

abraça-me e... desaparece na noite

 

- Para fazer companhia ao Setter e á dona melancólica

comprei outro Pastor Alemão, o # 3,

Com 4 meses mandei-o capar!!!

 

- O Setter morreu com 13 anos (um mês depois de o ter deixado com o ex),

de saudades !!???

 

- O Pastor foi assassinado um ano depois,

por um idiota que dizia que cão velho comia muito.......

e deu-lhe um tiro na cabeça

Pesava 50kg e nunca aceitou comida de outra mão senão a minha!

 

 

- Quando re-organizei a minha vida,

comprei outro Pastor Alemão, o # 4

 

Para lhe fazer companhia,

porque a minha vida profissional obrigava-me a muitas horas fora de casa,

 

- Comprei outro Pastor Alemão, o # 5, mas cruzado com Husky

Aos 4 meses mandei-o castrar

 

 

 

foto de um dos meus fieis Pastores Alemães

 

 

 

- Ter dois machos no mesmo canil dá problemas

quando as cadelas estão com cio,

eles sentem e uivam e deixam de comer e... lutam entre si

 

Ora um cão sente o cheiro da cadela a muitos kilometros de distância

Para evitar lutas, para evitar a frustração do macho,

para evitar que outro cão me abandonasse para ir procurar cadela.

a solução é castrar um deles

 

Desta vez dei-me mal

porque o capado é muito mais vadio que o outro

pelo cruzamento de raças, é menos obediente é mais traquinas, mais libertino

Se não o tivesse castrado além de ter um montão de "netinhos" por aí

ainda maltrataria o mais velho

porque é um bicho super meigo mas muito territorial

 

Enquanto que o mais velho é tranquilo, obediente, inteligente, belo

e todos os adjectivos inerentes á raça lhe são bem aplicados

o mais novo... bem

só me dá preocupações ou talvez nem tanto (como já referi anteriormente)  ..........

 

 

Mas quando saio com ambos pela trela...

faço um vistaço hihihi

 

 

 

 

 

 


sinto-me: cuidado com o cão


Sábado, 9 de Junho de 2007
suicidio

Uma rapidinha porque estou preocupada com um post que encontrei e não consigo deixar de pensar nele:

um adodescente que confessava uma tentativa de suicidio!!!

Todos nós tentamos, pelo menos uma vez, nos suicidarmos ou fizemos ameaça disso ou pensamos nisso! Ha mais ou menos tempo!! Uma vez na vida!

 

Mas... que errado estamos!!!

 

Quando somos jovens a vida vê-se com outros olhos, noutra prespectiva. Falo para ti que não sei quem és mas que te cruzaste no meu caminho e a quem eu quero deixar palavras de esperança.

 

Por mais dificil que nos pareça a vida.. estamos cá para a levarmos até ao fim, de maneira natural. NADA mesmo NADA podera levar-nos ao desepero de a terminarmos por nossas proprias mãos.

 

É necessario descermos ao fundo do poço, para sentir a humidade, o desespero, o desamor, a solidão, a insegurança, o grito mas..... basta erguer a cabeça... e aí está a saida!

um ponto muito longiquo mas... que existe.

Primeiro passo é ter consciência que nada nem ninguem tem o direito de nos tornar infelizes, sem o nosso consentimento!

 

Só nós podemos dar autorização a que nos tornem infelizes!!

 

E nós não queremos ser infelizes!!!!

 

Pode ser um ciclo vicioso, quando estamos no fundo do poço, começamos a gostar dele, daquela escuridão que nos protege mas....

DESPERTA!!!

o fundo do poço não é o quente do inferno!!!

é um animal peganhento, baboso, asqueroso que te alicia com conforto mas que te destroi.

 

Veste roupas claras, na primeira fase podem ser vermelhas, azuis escuras, castanhas

(nada de pretos!!!)

depois deverão ser brancas, rosa, azul bebe

Sai da cama, do teu quarto, do computador

abre as janelas

observa os outros predios,

olha para cima e vê o ceu,

ás vezes existem nuvens mas elas passam e deixam que sintas o calor do sol,

escuta as vozes de quem passa

imagina os dialogos entre elas

observa como se vestem

os seus gestos

busca os pares

de amigos, de namorados

não sintas a inveja

tu tambem tens quem te ama!!!

a inveja faz parte do tal bicho que queres deixar fechado no poço

imagina que um destes dias alguem te vai abraçar com muito carinho

pensa na pessoa de quem mais saudades tens

mesmo que tenha sido aquela que te tenha feito sentir magoado

esquece essa magoa

relembra momentos unicos

sente-os

fecha teus olhos e revive os momentos mais bonitos de tua vida

 

sei que é dificil

o unico que te recordas são gritos, urros, violência

mas ao te recordares deles,

fecha-os numa caixa

tapa-os

deixa-os la dentro bem fechados

 

recorda os outros momentos

aqueles que tambem existiram

os que te fizeram sorrir, dançar, saltar

quereres subir á arvore mais alta para te sentires o maior!!

quereres dançar tão bem que todos olham para ti com admiração e orgulho

 

Tudo passa por mais dificil que pareça

Tu tens o controle de tua vida e

ameaças de morte.... só te empurram mais para o fundo do poço

deixa de ser vitima

Ser heroi é mais mais digno e dá-nos muito mais força

 

Um sorriso é detectado a 50 metros

 

um olhar triste afasta 50 pessoas

 

Desperta

abre a janela

respira

chora

grita

mas

levanta-te e caminha

 

Envio-te um abraço muito forte

 


sinto-me: que o meu desejo se realize


mimos (74) & memoires
moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

quantos infieis
CURRENT MOON


My blog is worth $30,485.16.
How much is your blog worth?

sonhos e dissertações

O Bob

humor e coisas serias

o 1º sorriso triste

morte com hora marcada

NMM Nuno Marques uma hist...

NMM Nuno Marques uma hist...

DIARIO DE UM CÃO!

Perder e amar

os meus machos

suicidio

se natal é qd se ker.... :)

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Desistir/Recomeçar

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
23 comentários
17 comentários
11 comentários
8 comentários
Atraiçoada - o livro
Support independent publishing: Buy this book on Lulu.></a>
<div class=
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag morte