Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010
cucu

 

Podia escrever algo de escandaloso, giro, divertido ou até desagradavel mas, quantas vezes comecei, não acabei, deixei nos rascunhos .....

 

Tou viva, num novo ciclo, que nem sei muito bem onde irá levar

estou a adorar este longo Inverno que promete uma linda Primavera mas, estou cansada de promessas, de fantasmas que me sussuram mas nem ressuscitam nem se vão embora

 

cada vez me afasto mais de tudo e de todos

tenho consciência do que deveria fazer mas, não me apetece

não me apetece tomar banho todos os dias, não me apetece comer todos os dias, não me apetece rotinas, não me apetece entrar em dialogos, nem escutar o monologo dos meus pensamentos ou sentimentos

 

durmo quando tenho sono e acordo quando desperto

deixei para segundo plano os aquarios e estou numa de construir ilhas

embrenho-me em jogos e esqueço que alguem espera algo de mim

 

dei um passo, vou editar o post

 

 

 

 




Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009
mimos & memoires

 

a blogoesfera está diferente, mais tecnologia que afasta as pessoas delas mesmas, explicam-me e, o que devia ser uma ferramenta de convivio torna-se em armadilha para a solidão

 

nicks que aparecem e desaparecem sem se despedirem (alguns até parece que foram atropelados e enviados para o espaço), deixando um nuvem de abandono no ar, porque nunca esquecemos nada nem ninguem  e só contribuiem para uma maior desconfiança nos encontros virtuais

 

 

- este blog nasceu ha 2 anos e alguns meses e, se gostam de numeros:

tem uma media de 200 visitas diarias, ultrapassou os 182.000 visitantes que leram mais de 307.000 paginas e, o meu blog não obriga a clicar por cada post (acto que é usado por muito boa gente para aumentar o numero de visitas no contador) mas, o numero que mais me agrada é o que conta quem volta e repete a visita e, esse alcançou, ontem, 31.881

 

para uns muitos, para outros pouco mas, são os meus e saber que mais de 30 mil computadores ligam-se a este blog assiduamente, faz-me pensar sobre o que buscam já que só lhes dou o que tenho, se isso é suficiente .... sejam bem vindos

 

Houve uma altura em que 16 (acho que foi o maximo) bloguistas ofereceram o mesmo premio a este blog, hoje (que não foi hoje) 1 só bloguista ofereceu 6 mimos de uma vez

 

a ti Just Moments que te recordas deste blog agradeço e faço votos para que inspires muitos com a tua luz e consciência que tudo são só momentos tão efemeros como eternos

 

mas o Carlos e o seu olhar masculino tambem se vai recordando deste cantinho tal como a Teresa que anda noutra onda mas não esqueço que o bau tem lá muitos dos seus mimos

 

os mimos no bau passaram a 68 e já havia tempo que não acrescentava nada mas, como soube a pouco , roubei outro à Moments:

 

 

 

 

 

 

Se bem que o bau esteja aberto a todos, é este o sorriso (roubado) que ofereço para que a blogoesfera regresse aos encontros em salas com lareiras acesas, vinho e boleros, entre outras musicas, dialogos construtivos e muitas gargalhadas, é esse ambiente que gostaria de voltar a ter por aqui e que me fascinou neste mundo virtual blogueiro

 

mesmo sabendo que dos 30.000 computadores não mais que 20 têm voz activa é suficiente, para mim, saber que existe vida além do monitor e que, passam das palavras à acção e que o tempo passado a escrever, formatar, escolher fotos não é para alimentar o meu ego, porque esse passa muito bem sem virtualismos

 

 

 

Tenham um otimo fim de semana

 

 

 


sons: "Bolero" de Ravel


Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009
delirius tremens

 

gosto do gosto das palavaras "mel com cicuta", atrai-me a antitese dos termos, a dualidade e oposição dos sabores, tal como frango com papaia ou fondue com morangos

Não sou escritora nem tenho pretensões a se-lo, não respeito regras gramaticais, não gosto de acentos, dispenso superficialismos, tanto nas palavras que se aglomeram para formarem frases como nas pessoas que formam grupos Se bem que seja importante que não hajam erros ortograficos, tal como a verdade nas pessoas

Existe quem escreva 1500 paginas descrevendo o voo do moscardo eu contento-me com dissertações visuais no voo da borboleta

a aula de yoga foi suficiente para equilibrar os chacras e libertar os pulmões da agonia do cigarro que substitui o desejo de ser tocada Quanto mais celulas cinzentas temos, mais facil sublimar frustações e até considero que as tenho trabalhadoras, algumas ainda gritam reivindicando o aumento de actividade fisica mas, terão de se contentar com a bicicleta de manutenção Ao final de duas semanas sem folgas e uma intoxicação alimentar alcanço o estado de delirius tremens e olho o gato pelo canto do olho

respiro profundamente, inspiro-me no sol que não consegue esconder uma lua às 3 horas da tarde e mergulho num oceano de medusas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 tou de FDS

 

 

 

 

 http://www.youtube.com/watch?v=wb4RauhteFA

 


sons: Caetano Veloso "Sozinho"

escrito por Infiel às 10:41
link do post | desabafa | adiciona se gostaste
|

Domingo, 18 de Novembro de 2007
abstinência sexual

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ha uns tempos que me ando a preocupar com a falta de sexo

 

quanto tempo pode um ser humano passar sem ter relações sexuais???

 

pode passar 3/4 dias sem beber

pode passar 7/15 dias sem comer

 

e foder???

 

- Começo a pensar na melhor amiga casada mas...

o sujeito ... anda noutra onda e ha 2 meses que na vê nada

safa-se com o vibrador ...

 

- a outra, divorciada e há 19 meses que não vê molho

já anda a ficar louca, diga-se de passagem

 

- outra, 22 anitos e sem namorado ha 10 meses

e se ela é bonita

ai meu deus, tou tramada

 

- recordo a viuva da esquina

ha 30 anos que não sabe o que é abrir as pernas

ok mas, ela provavelmente nem sabe o que é um orgasmo

e não sabe o que perde, já que sexo é "coisa suja".....

 

 

Para tranquilizar a impaciência

penso nos padres católicos

ai não!!!! não quer ir por aí...

mas recordo-me do João, que não tem razões para mentir e

passou 10 meses sem mulher

 

quero ignorar o tempo que já estive ás secas

quero ignorar o tempo que já não te toco

mas está complicado

qual é o meu limite?

 

 

 

 

fotografia de Mark Kuksa

 

 

 

 

será que são só as mulheres que andam insatisfeitas??

porque não é de homem dizer que não dá uma queca ha eras

porque não é de homem dizer que é esquisito na hora de escolher um corpo

 

 

estou baralhada e muito preocupada.............

 

 

 

 

 




Terça-feira, 9 de Outubro de 2007
Lutar... por amor????

 

Não sei o que é lutar por Amor

ou talvez ja tenha sabido e

tenha esquecido

 

Sei que não devo lutar por este amor

que me consome a energia

que me ocupa a mente

que me deixa louca de saudades

que me faz ir para a cama quando os olhos já se cerram

arrastada pelo cansaço

que me faz sair dela como se fugisse de um incêndio devastador

que me entristece o olhar

que me faz suspirar

que me faz arder de desejo

 

Não sei como lutar por um amor que não é meu

 

 

 

 


sinto-me: com saudades


Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007
Perder e amar

 

 

Quem já perdeu tantos amigos como eu, tem medo de não aproveitar o melhor que cada segundo da vida nos proporciona

 

O meu melhor amigo, foi meu confidente e conselheiro

a única pessoa de quem escutei conselhos.

Conheci-o como meu chefe, era o meu mentor, protector

Era casado e tinha 6 filhos, adorava a sua grande familia, eu era mais uma filha

Durante 15 anos acompanhou a minha vida profissional e emocional

Chorei no seu ombro, chorou no meu

ri-me das suas parvoíces, riu-se das minhas

contava-me as suas escapadelas, contava-lhe os meus desgostos

 

Uma manhã recebo um telefonema de uma filha

tinha adormecido no seu sofa favorito

embolia cerebral fatal

em vez de estar a almoçar com ele,

como tinhamos combinado 3 dias antes

estava a beijar sua testa fria

 

- O meu outro melhor amigo

foi meu prof na faculdade

era a sua melhor aluna

a sua disciplina a minha favorita

 

Depois de terminar o curso

continuamos a nos encontrar

a discutir Arte e Musica e Esoterismo e um milhão de coisas mais

 

Foi a pessoa mais inteligente que conheci

Tinha grande admiração por ele

a nossa amizade sobreviveu a dois divorcios

e a muitas contrariedades

 

Frequentemente o visitava ou saíamos

recordo muitas loucuras noctívagas

além de homem culto era um boémio

Tudo o que conheço da vida nocturna da capital o devo a ele

 

Quando não nos encontravamos, telefonava

punhamos a rotina em dia e prometiamos mais uma saida

tal como aconteceu numa noite sem lua

No dia seguinte recebo um telefonema da namorada

Ele tinha adormecido na sua cama

Ataque cardíaco fulminante

 

Na noite em que deviamos estar a correr os novos estaminés da cidade

molhava sua barba com as minhas lagrimas

 

- Minha mãe foi a uma consulta de rotina e não voltou

 

- Minha amiga de infãncia partilhou um gelado no jardim

e nunca mais a vi...........................

 

 

A coisa mais certa da vida é a Morte

 

 

Depois de ter perdido tantos amigos não quero perder um segundo sem ti

 

 

O tempo arrasta-se e jamais se recupera

Já perdi tanta coisa

tenho tanto medo de te perder sem nunca te ter tido

 

 

 

Porque me despertas se não tens intenções de me saciar?

 

 

 

 

 

 

 

 

 


sinto-me: sozinha e acompanhada


Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007
quero-te salgado

 

"Hoje vou-te saciar" - dizia o sms ás 7 da manhã

 

Um sorriso desenhou-se na minha boca, espreguicei-me á felina, erguer os braços, unir as mãos e elevá-las ao infinito, erguendo os ombros e fazendo descer o movimento por toda a coluna, esticar uma perna de cada vez, movimentar cada dedo dos pés; rocei meu corpo no colchão uhmmm

Tomei duche e com a toalha enrolada preparei um pequeno almoço vitaminico

 

Escutei o ronco da mota, porque me provoca sempre um sorriso ouvir aquele som??!!!

 

"Bom dia tentação! Tão ainda não tás vestida!? assim não vamos a lado nenhum...." - dizia enquanto se aproximava para me envolver em seus braços "Tive saudades tuas" - segredou "Louco, ainda ontem aqui estiveste. Vou só vestir os calções e vamos. Não me sigas!"

 

"Disse-te para não me seguires"-  não conseguindo reprimir uma gargalhada cristalina, ainda mais divertida por ele se agachar, fazendo de cachorro com a lingua de fora

 

Flecti os joelhos, levantei-lhe o queixo e lambi a lingua dele, suficiente para nos envolvermos num beijo delicioso e fogoso, nossos corpos sofriam de desejo. Ergueu os braços e envolvendo meu corpo depositou-o no piso, cobrindo-o com o dele.

Suficiente para recomeçarmos o jogo de prazer fisico.

 

Lenta mas firmemente afastei seus ombros, "Hoje quero-te salgado! e com muito desejo!!

"Ainda mais?! Deixas-me louco Quero-te!" "Calma menino, vamos pra praia ok?"

Fingindo tristeza canidea levantou-se e ajudou-me a erguer, depositando um beijo no pescoço.

 

A praia não era longe, encaixada no meio de rochas, formava uma baía com ondas delicadas, e temperatura amena, aquela hora e naquela altura do ano mesmo com a temperatura alta, não havia ninguem.

 

Olhou-me bem no fundo dos olhos e sorriu. "Vou-te realizar mais uma fantasia, a tua prenda de anos atrasada"

 

Olhar no fundo dos seus olhos é despertar emoções, as bocas aproximam-se para confirmar uma emoção comum, um desejo profundo de união.

Os braços á volta dos corpos, confirmam esse desejo mutúo.

 

Ele enlaça o meu corpo e caminha para a agua, baixa-me com cautela e deixa-me flutuar, com as mãos em concha recolhe agua para me passar nos seios, na barriga, arrepia-me, provoca-me...  Um braço segura-me pela cintura e puxa-me de encontro ao seu tronco,  ergue-me.

Abro as pernas e passo-as pelo tronco. O contacto com a agua, com o seu corpo, as suas mãos sobre mim é tudo o que necessito para que o meu desejo se manifeste na vagina. A penetração é segura e facil, ardente

 

 

 

 

 

Esta é a união de sentimentos reciprocos mas, os corpos desejam mais.

 

Desprendo as pernas, deixo-me escorregar pelo seu corpo e ajoelho-me na agua. Passo a lingua nos testiculos, subo até a cabeça de seu penis, minha lingua não pára de encontro ao seu sexo, provoco-lhe sensações de prazer, de querer mais. Abocanho a cabeça do penis, como se o quisesse tragar. a lingua não para dentro da boca á volta da cabeça daquele pedaço de carne, ele geme de prazer.

 

Com uma mão recolho agua do mar e ao mesmo tempo que abro um pouco a boca levo a mão cheia de agua que rega o seu sexo, provocando um grito de surpresa e prazer, rapidamente engulo seu sexo, passo a lingua, sugo, abocanho, sinto a dureza daquele membro de encontro as minhas bochechas, desço a lingua pelo penis, abocanho de novo, ele geme, grita, suas mãos agarram-me os cabelos, empurra a minha cabeça mais para a frente, seu corpo eriça-se, entrega-se aquele broche como se o ultimo se tratasse, o seu prazer arrepia-me, venho-me sem que me toque

 

Levanta-me e vira-me de costas, com um braço segura minha barriga com uma mão aperta o clitoris, um dedo busca o meu interior, confirma o meu desejo, provoca mais e arquejando penetra o meu interior. Aperta-me com força, fode-me rapido, com desejo e... controla-se.

 

Retira-se do meu interior, vira-me o corpo e começa a lamber cada pedaço da minha pele, suga os meus mamilos ao mesmo tempo que com um dedo me excita o clitoris; minha mão procura seu sexo e da-lhe prazer.

Venho-me com o seu dedo e quero mais!

 

Levanto uma perna e encosto-a ao seu ombro, ele segura-me pela cintura e, de novo me penetra mas, dentro de agua não da muito jeito a novas posições. Ergue-me e leva-me para a areia, deita o seu corpo sobre o meu e de novo me possui, sua lingua enrola-se na minha, suas mãos apertam meus seios, as minhas unhas rasgam sua carne, o meu orgasmo vem ao mesmo tempo que o dele entre sal e areia.

 

 

 

 

Minha fantasia linda....como tenho saudades tuas!!!

 

 

 

 e.... ainda não estou saciada!!!

 

 

 

 

 


sinto-me: apaixonada


Terça-feira, 14 de Agosto de 2007
Penso em ti

 

Acordo de mansinho

recordo os sonhos da noite vazia

não controlo a lagrima que teima em cair

recuso-me a abrir os olhos

Não quero despertar para mais um dia sem ti

 

 

 

 

 

 


sinto-me: com saudades


Segunda-feira, 2 de Julho de 2007
furia

Estou danada, furiosa, cansada, cada link que abro, o servidor cai, os cães resolveram, os dois!!!!  visitar os vizinhos e tenho 500000 cães a ladrarem, ecoando por todo o vale (amanhã vou ter de ouvir os vizinhos, só espero que as ovelhas estejam bem guardadas, bolas, para o raio do pastor, pelo menos ainda não ouvi nenhum disparo, uhm)

E para cumulo tou com uma tusa... daquelas de te comer á dentada!!!

Tinha de descarregar nas teclas, agora tou mais aliviada, ufa

Vou abrir o album das nossas fotos, pôr a tua pila em screensaver e vou buscar o manel, pode ser que a birra passe, uhm só a ideia já me tá a acalmar a neura.

Vou buscar os cães e já venho


sinto-me: com birra


mimos (74) & memoires
moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

quantos infieis
CURRENT MOON


My blog is worth $30,485.16.
How much is your blog worth?

sonhos e dissertações

cucu

mimos & memoires

delirius tremens

abstinência sexual

Lutar... por amor????

Perder e amar

quero-te salgado

Penso em ti

furia

se natal é qd se ker.... :)

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Desistir/Recomeçar

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
30 comentários
23 comentários
16 comentários
15 comentários
10 comentários
8 comentários
6 comentários
Atraiçoada - o livro
Support independent publishing: Buy this book on Lulu.></a>
<div class=
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag saudades