Sábado, 28 de Julho de 2007
Provas de Amor.....????? - Parte I

 

 

Estava a pensar como posso provar o meu amor a alguem?

Qual a loucura que fiz por amor???

Que se é capaz de fazer por outra pessoa?

 

Que provas necessito apresentar para provar meus sentimentos?

 

Todas as mulheres conhecem a historia do marido mal tratado e que, coitadinho, só a amante o entende! As historias que eles contam para sentir miminhos de outra pessoa. A mulher é bruxa, só lhe fode a cabeça, só lhe traz problemas, controla-o, não quer fazer sexo, não conversa, só quer saber dos filhos, não lhe dá atenção, proibe que ele faça isto ou aquilo, não o ama, não o quer.

 

A historia é velha, repetitiva e continua a funcionar.

 

Uma pessoa deixou um comentario no meu post sobre amantes que me relembrou a importância das amantes na vida, triste, do homem casado; em associação pensei no post da minha amiga Maaf  http://maaf.blogs.sapo.pt/25042.html,  sobre a prostituição e do meu amigo Sextrip sobre o fingimento do amor  http://sextrip.blogs.sapo.pt/9191.html e da My Way com o post sobre a traição http://cat_3105.blogs.sapo.pt/19786.html

 

Homens casados, mulheres casadas, buscam o quê, ao procurarem outra pessoa para terem sexo????

- Resposta: sexo! Puro sexo! prazer fisico!

 

 

Quando não me senti bem com o meu marido eu disse-lhe! Antes de sair de casa, eu dei-lhe um montão de oportunidades de se explicar, de me comunicar o que pretendia, tentei de todas as maneiras ia dizer 'salvar o meu casamento' mas o que quero dizer mesmo era, tentei de todas as maneiras ainda ser feliz com ele a meu lado e dentro daquela casa!

Fiz-lhe provas sim e, quando todas deram errado, eu desisti! Não ha ninguem que mereça as minhas lagrimas, e eu não merecia o seu comportamento.

Ele também disse que eu era bruxa, que o tratava mal, que mais nem sei o quê...

 

Que maior prova de amor existe quando uma pessoa diz que quer casar com a outra e é aceite???

Que maior prova de amor existe quando partilhamos nossos sentimentos, nossos mais profundos desejos a outra pessoa, quando confiamos nessa pessoa a poder contar-lhe os nossas mais profundas ambições, quando desnudamos a alma perante outra pessoa???

 

Se o amor acaba, porque tudo termina e não ha excepções, porque não acabar o relacionamento? Porque não se diz que "não dá mais!" Eu ponho os sentimentos sempre em primeiro lugar - primeiro sinto, depois penso!

 

A psicologia behaviorista aponta, entre outros comportamentos, o simples contacto de um pé com o do outro, como indicativo de afectividade,  o cruzar da perna com o pé em direcção a outra pessoa terá o mesmo significado, a mão sobre o ombro de outra pessoa como sentimento de posse, sentarmo-nos na ponta de uma cadeira, indica insegurança, coçar o nariz  indica mentira, etc

 

Não necessito de lhe provocar ciumes para saber que me ama; não necessito de cantar serenatas, atirar-me de um avião ou pintar a minha cara de vermelho para indicar que o amo, basta observar o seu comportamento, um simples toque no cabelo indica carinho e se esses sinais deixaram de existir.... é simples a conclusão: o amor deixou de crescer, de viver! ou nunca existiu!

Mas como nem todos sabem identificar correctamente esses sinais de afectividade, enrolamo-nos em peripecias mais ou menos arriscadas para provar ao outro um amor que nem sabemos descobrir em nós mesmos!

 

 Mas, claro! estava  a esquecer-me de que o casamento até pode ser só um status social, que amor e paixão são coisas futeis, sem importância na vida de cada um!!!! Que parva que eu sou!

 

 

 


sinto-me: intrigada

escrito por Infiel às 01:52
link do post | desabafa | adiciona se gostaste

15 comentários:
De Ana a 29 de Julho de 2007 às 00:13
Acabar um casamento tambem pode ser uma prova de amor....
Põr termo á nossa vida pode ser uma prova de amor!
Acordar e adormecer triste é uma prova de amor
etc
Casamento pelo status é uma prova de amor, a si proprio lol
Gosto do teu post que vem na 2ª parte?


De Infiel a 29 de Julho de 2007 às 03:56
Provavelmente vou queimar mais uma ponte mas, espero que algum bombeiro bombastico me salve das chamas lol
pôr termo á nossa vida??? apre!!!


De sextrip a 30 de Julho de 2007 às 12:42
olá Infiel......
"provas de amor" - mais um assunto nada simples, nada pacífico.
mais uma vez, vou escrever acerca daquilo que eu penso - não tentar "entender" o social da coisa.

1º - não aceito a "exigência" de provas de amor.
2º - consequentemente, só aceito que alguém decida dar uma "prova de amor" - tem que partir de quem a dá.
3º - uma prova de amor, a ter de surgir, terá mais valor se implicar sacrifício de quem a dá (parece-ma algo unanimemente reconhecido) - nesse caso, o sacrifício dessa pessoa não deve nunca amesquinhá-la como ser humano.

explico melhor:
a) se eu faço um sacrifício que me prejudica a esse ponto para "provar" que amo a outra pessoa, coloco imediatamente em causa toda a restante (e anterior) demonstração dos meus sentimentos por ela.
b) é estranho estar a "provar" o meu amor por outra pessoa por via de espezinhar o meu amor próprio - não revela, pelo menos, uma personalidade muito sólida.
c) raramente um sacrifício destes tem o resultado pretendido - muitas vezes até, tem o efeito contrário.
d) o que, para mim, é um enorme sacrifício pode não ter o mesmo valor junto da pessoa que amo, a qual poderá fazer uma leitura dele que me frustrará por completo - depois restam-nos as "amarguras" : o que eu fiz por ela/e e afinal etc-e-tal !!!...

o que escrevo não deve constituir uma generalidade - são tão simplesmente as conclusões a que cheguei na minha vida pessoal.
como perceberás até pelo meu artigo a que te referiste, fui um inseguro que necessitou de fazer tal coisa - o que é mais relevante do que a pessoa doentia que mas exigia.

ainda que não descarte a pessoa que ela era, a primeira responsabilidade neste aspecto particular foi minha!

na minha opinião as "provas de amor" vão surgindo naturalmente - fazem-se espontaneamente, sem necessidade de pensar ou arquitectar.
e só têm valor de uma forma : quando ambas as pessoas a sentem - sente quem a dá, sente quem a recebe, inquestionavelmente.

se alguém salva de uma morte certa a pessoa que ama e para isso sacrifica a sua própria vida - essa pessoa AMA sem dúvida alguma e é valente.
se alguém se suicida para "provar" que ama alguém...... essa pessoa é inconsciente e/ou maldosa.

beijos


De sextrip a 30 de Julho de 2007 às 13:01
(ando sem tempo algum para aqui vir, mas...... deixo-te mais isto)

é uma pequena história de um discípulo de Lao Tze.

um rapaz, pescador, pobre, apaixonou-se por uma filha do abastado vendedor de peixe.
ela não lhe prestava atenção e ele andava desesperado.
foi pedir conselho ao ancião da vila.
este disse-lhe que ele devia demonstrar o amor que tinha por ela - que deveria ficar no largo em frente à casa dela, sem abrigo, durante 90 dias e 90 noites de inverno.
que ele (o ancião) faria saber à bela rapariga que o pescador fazia aquele sacrifício por ela.
assim foi.

o pescador ali foi ficando os dias e as noites, sem abrigo, a meio do largo, alvo da chacota e maldades dos habitantes e debaixo de um inverno muito rigoroso, com chuvas, neves, ventos frios, etc...
a rapariga vinha amiúde à janela e fez com que lacaios o espiassem de noite e de dia a ver se ele não fazia batota.

ao 89º dia, o pescador foi embora.
o ansião correu a procurá-lo.
- que fazes? desistes na véspera da provação chegar ao fim?!
ao que o pescador respondeu:
provei a mim próprio que a amo, ela provou-me que não me ama.

(que me recorde, a história não tece mais nenhuma consideração)

+ beijos


De Infiel a 31 de Julho de 2007 às 03:00
quando ma contaram, disseram que ela nem á janela ia mas, a moral é essa !
Por vezes temos necessidade de provar o que é tão obvio, não queremos acreditar no que sabemos, "não ha pior cego do que aquele que não quer ver"
Somos humanos, com muitos comportamentos em comum, evitar alguns erros.... é dificil! por mais conselhos que escutes, sempre tens de experimentar para valorizar e aprender! Faz parte da vida humana

Jocas


De Infiel a 31 de Julho de 2007 às 02:55
Ola Sextrip, muito ocupado??? e com este calor??? ai ai
"uma prova de amor, a ter de surgir, terá mais valor se implicar sacrifício de quem a dá (parece-ma algo unanimemente reconhecido) - nesse caso, o sacrifício dessa pessoa não deve nunca amesquinhá-la como ser humano." - como tens razão!; se uma prova de amor não exigir sacrifio de parte de quem a faz... poderá não ser valorizada mas, mesmo depois de a fazer... não for reconhecida!! muito pior ficara quem a prestou!
Voltamos ao mesmo: ninguem deve fazer nada por ninguem, não devemos ser os primeiros a desconsiderarmo-nos! Quanto mais auto-estima houver mais felizes nos sentiremos, independentemente da maneira como somos amados..
Mas, enfim.. é mais um aspecto da vida




De sextrip a 31 de Julho de 2007 às 07:55
olá Infiel...... bom dia

é verdade, mesmo com esta brasa lá tem de se fazer pela vidinha, lol lol lol.
é nestas alturas que tenho inveja de alguns empregos, tipo nadador salvador.

« Voltamos ao mesmo: ninguem deve fazer nada por ninguem, » SE, para tal, formos « os primeiros a desconsiderarmo-nos! ».
é o que acho sim.

nem tudo é gorado, nem tudo é "feio".
deixo-te mais um exemplo, mas este real e acontecido com um casal amigo:

eles casaram muito cedo e não eram propriamente "abonados" de dinheiro.
ele já tinha um curso profissional, emprego e andava no 2º ano de engenharia - ela desejava tirar um curso na área da saúde.
mas, como disse, o dinheiro não chegava para tudo.
como ela desejava mesmo tirar o curso (antes de ser mãe, do tempo passar, etc...) ele interrompeu o curso de engenharia para ela poder tirar o dela.
alguns anos mais tarde inverteram a situação e hoje estão ambos formados e tudo vai bem......
mas ambos se sacrificaram - não tenho dúvidas algumas.

muita gente poderá dizer que isto "não é nada de especial, que é pura questão de gestão de vida" - mas para mim foram (além disso e porque não me parecem coisas muito comum) provas de amor.

beijos e...... boa 3ª feira


De Infiel a 1 de Agosto de 2007 às 03:07
Ola Tadinhos dos nadadores salvadores, porque ficam com bronze á camionista, mesmo passando o tempo ao sol hihi, não os invejes porque... cada um tem o que merece

O exemplo que apresentaste tambem o posso considerar uma prova de amor mas, no fundo ele fez o que seria melhor para ele, ja que queria uma vida com aquela mulher e podia parar o seu curso e retoma-lo mais tarde, sem interferir na sua felicidade no momento.
Ha um sujeito que esta a construir uma piscina, no intuito de que eu a va inaugurar e passar mais tempo com ele. É a sua prova de amor a mim!!!
Mas como no fundo tambem sabe que não sera por causa da piscina que eu la irei , não a está a fazer para mim, mas para mostrar aos vizinhos que pode ter uma piscina, mesmo que ninguem la nade!
Quando fazemos algo por alguem, desde que não nos violemos, estamos, sempre a fazer algo por nós!

Se eu tenho sexo com um homem casado estou a violar a minha consciência, mas a mostrar o meu amor por ele mas, no fundo como acredito que ele não me ama,aproveito as quecas!

Existe muito ego-centrismo por aí espalhado, mascarado de provas de amor.....

Por isso, as maiores provas de amor, para mim, é o sorriso quando me olham, é o abraço forte, é o brilho no olhar, é uma mão na minha, é uma palavra terna quando eu estou a explodir, é o adivinhar uma necessidade de momento, é o toque de um pé no meu, é a sua mão nos meus cabelos, é me surpreender com o conhecimento que tem de mim, pequenos gestos que são muito mais importantes do que muitas palavras e muito dinheiro gasto........





De Develish a 6 de Dezembro de 2007 às 10:48
É claro que tudo termina. Termina e recomeça. A visão ocidental da vida é em linhas retas que tem inicios e fins, mas na realidade, a vida funciona em ciclos. Logo, assim como termina recomeça, com a mesma pessoa, se houver como, ou com outra pessoa. Enfim, o ser humano é gregario... querendo ou não, por mais decepcionado que esteja. vai se casar novamente ou encontrar outra pessoa. E seu casamento só foi pro saco, porque não existia mais amor de nenhum dos dois, se não não haveria chego no ponto que chegou. =)


De Infiel a 8 de Dezembro de 2007 às 23:59

eu tambem acredito em ciclos, ciclos que se renovam

cada vez que a lua passa a Nova, eu creio em uma nova renovação e sempre espero e desejo encerramento de situações

obrigado por partilhares a minha visão


De L'etranger a 6 de Março de 2008 às 21:10
Para mim o amor está nas coisas mais simples...um gesto, um toque, um aconchegar a manta, e sobretudo....um olhar


De Infiel a 7 de Março de 2008 às 23:00


nos gestos mais simples se tem as provas mais fortes

Obrigado pela força


De Vida para além do casamento a 8 de Abril de 2008 às 03:04
Pois é, o post tá fantástico, os comentários também, no fim com casamento, união de facto, divorciados, apaixonados, os desafios são sempre permanentes e saber lidar com o que se pensa imutável mas não é, pode ser um desafio difícil de superar, pois o casamento e o amor não evita todas as situações que os casais têm que passar. parabéns pelo blog.


De Infiel a 12 de Abril de 2008 às 01:24

Obrigado

- "nada se perde... tudo se transforma"
acompanhar as transformações.... é missão de cada um, porque nós também nos transformamos



De Infiel a 14 de Abril de 2008 às 23:13

Muito obrigado

o casamento, tal como a vida a uno, transforma-se todos os dias
fazer do dia da assinatura do acordo, um marco, é bonito mas...nada resolve

Obrigado pelas dicas



Comentar post

moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

sonhos e dissertações

Discos vinil saudoso som

Atraiçoada

Feliz e quente Natal

ja nasceu hehehehe

A Tabacaria de Alvaro de ...

velocidade

O Bob

a parvoice foi embora

cigarro procura-se

Luta de Titans 1ª semana

Ano do Tigre Dourado

Luta de Titans

cucu

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

Mario Quintana e o casame...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
102 comentários
80 comentários
78 comentários
75 comentários
75 comentários
69 comentários
59 comentários
subscrever feeds