Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Infiel

Infiel

Ser e sorrir

07
Abr08



 

o medo que temos de nos escutarmos leva-nos  a preferir ouvir outros

quantos de nós chega a casa e a primeira coisa que faz é
ligar a TV ou o radio ou o computador???

ansiamos estar com outra pessoa,
queremos o amor de alguém para
nos dar a ilusão de que estamos bem
amor não correspondido cria ansiedade, tristeza, depressão

acreditamos em alguma religião para nos dar respostas e sentido de vida
olhamos para a televisão como detentora da verdade una e absoluta
lemos jornais para passar tempo
telefonamos ou visitamos amigos para não estarmos sós

- quando estamos sós tendemos a buscar algo para fazer

Quando estamos sós somos o nosso espelho, somos obrigados a olhar a nossa nudez
a conhecer onde existe celulite
a reconhecer que as rugas já marcam a alma e nada as fará recuar
a ter a certeza do que nos arranca um sorriso
a entender o nosso corpo como invólucro dum espírito
a sentir a nossa essência


Até conhecermos a nossa nudez interior
caminhamos iluminados por outros
porque temos medo de ficar só

Por esse medo continuamos relações frustrantes e infelizes
desculpamos e pedimos desculpa
temos amigos e queremos ser amigos


Quanto mais medo tivermos de encarar a nossa verdadeira face
mais limitados nos sentiremos

porque não há razões para ter medo do nosso 'eu'

porque é imperativo ficar só para conhecer o essencial

 



- a solidão é imperativo,
pode ser umas horas, uns dias ou uns anos
*
*
Afastarmo-nos da sociedade, dos outros e suas opiniões e conselhos
é o único caminho para conhecermos a nossa essência, quem somos
e jamais nos sentiremos sós quando nos descobrimos
quando nos conhecemos
quando nos amamos
 
 
 
*
*

P.S.. baseado na minha vida e  no  "O livro dos segredos"  de Osho  e
inspirado nos orgasmos sensitivos  da Sibila e no filme Zeitgeist visto a sala da P.M
 
*
*
*


foto retirada daqui
 
*
*
*
 
 
P.S.2 - Para os mais íntimos: hoje fiz sopinha de feijão verde heheh
*
*
*
 
 
 
 
 

38 comentários

Comentar post

Pág. 1/2