Sábado, 3 de Maio de 2008
promover a loucura ...

 

 

 Como disse , no post anterior, eu gosto de ser alergica á carne de porco (só de pensar no pobre do bicho a morrer, dá-me logo uma boa razão para não gostar de a comer) e, como as doenças são algo que toda a gente sabe do que se fala mas que, continuam (algumas) a usá-las para receberem mimos e fazerem chantagem emocional e, como, os mais intimos sabem, eu gosto de dissecar os assuntos, lembrei-me do Dr. Dráuzio Varella e os seus conselhos na "A arte de não adoecer" mas, para que este post não fique demasiado longo, vou dividi-lo em dois

 

O segundo post será a analogia com o 'não perdão' da Dra Louise L. Hay

 

- o que eu acredito é no poder da mente, no nosso querer e gosto de difundir boas energias e sorrisos além de que sou muito convencida e acredito que partilhar informação é sempre um acto positivo, alem de que detesto doenças e hospitais

 

O que eu não faço por ti  

 

 

Osho diz: "se pagassemos aos medicos para não nos deixarem ficar doentes, seriam muito mais uteis do que pagar-lhes para nos curar uma doença"

 

 

- Fale de seus sentimentos

 

emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera em cancro.

Vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos "segredos", nossos erros... acrescento eu: crie um blog!

O diálogo, a fala, a palavra é um poderoso remédio e excelente terapia!

 

 

 

- Tome decisões

 

a pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões.

A historia humana é feita de decisões.

Para decidir é preciso renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros.

As pessoas indecisas são vitimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

 

 

- Busque soluções

 

Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas.

Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo.

Melhor acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha e produz o que de mais doce existe  Somos o que pensamos.

O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

 

 

- Não viva de aparências

 

quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho....

está acumulando toneladas de peso ... é uma estátua de bronze mas, com pés de barro.

Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raíz.

Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

 

- Aceite-se

 

A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que seja algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores.

Aceitar-se, aceitar ser aceite, aceitar as criticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

 

 

- Confie

 

Quem não confia, não comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras.

Sem confiança não ha relacionamento.

A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

 

 

- Não viva sempre triste

 

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria recuperam a saúde e trazem vida longa.

A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. O bom humor nos salva das mãos do doutor.

Alegria é saúde e terapia.

 

 

- O meu mais recente e querido amigo Rui, partilhou uma entrevista que eu gostei muito e fez-me desejar que houvessem mais medicos assim (Medico Joia), é triste a quantidade de pessoas que deixam de viver e que se agarram a doenças para poderem ter um pouco de atenção ou que se escondem por detrás de uma doença para sentirem que estão vivas.

O Rui disse que devíamos promover a loucura para vivermos melhor e eu respondi-lhe: sou fumadora, bebo alcool, faço sexo (sempre que posso lol), como toneladas de chocolate, não tenho horario de refeições e ha muita gente que me chama de louca e... o que é certo é que eu cada vez que telefono á minha medica de familia ela pergunta logo pelos meus cães.

 

 

não sei se será bom humor mas, lembrei-me deste dialogo:

 

 Piropo: Será que eu já não te vi em algum lugar?
Resposta: Claro! Eu sou a recepcionista da clínica de doenças venéreas...  não te lembras?

 

 


P.S. Adoro-te!

 

 


sinto-me: a tua Deusa

escrito por Infiel às 23:03
link do post | adiciona se gostaste

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

sonhos e dissertações

Discos vinil saudoso som

Atraiçoada

Feliz e quente Natal

ja nasceu hehehehe

A Tabacaria de Alvaro de ...

velocidade

O Bob

a parvoice foi embora

cigarro procura-se

Luta de Titans 1ª semana

Ano do Tigre Dourado

Luta de Titans

cucu

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

Mario Quintana e o casame...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
102 comentários
80 comentários
78 comentários
75 comentários
75 comentários
69 comentários
59 comentários
subscrever feeds