Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Infiel

Infiel

infidelidade e mitos

04
Jun08

 

 

nunca ninguem teve um relacionamente sem que, alguma vez, tivesse pensado ou desconfiado de uma infidelidade

também porque a maior parte das buscas que descobrem o meu blog, procuram infidelidade e, como, também, achei o artigo interessante resolvi editar este post

 

 

A perita em relações da iVillage, Tracy Cox, escreveu sobre 12 mitos da infidelidade que, resumidamente, passo a citar, sem intervenções pessoais:

 

 

#1 - infelicidade em casa

maiormente as mulheres sentem insatisfação no seu casamento

os homens, apesar de dizerem que se sentem felizes, não deixam passar a oportunidade de uma aventura sexual

 

#2 - os homens são mais infieis que as mulheres

agora a escala já está mais balanceada, as mulheres enganam os companheiros pelas mesmas razões: é algo novo, atrevido, agradável!

mas a mulher apresenta outras razões: recompensa por ser mulher e mãe não reconhecida, companheiro não é carinhoso, não a escuta, sente-se ignorada, já lá vão os dias em que um corte de cabelo ou compras superfulas, eram suficientes para nos levantar o ânimo

mas, o acto não nos passa indiferente, ha tendência a sentirem-se culpadas se bem que, as mulheres sejam melhores a mentir e, muitas vezes saiam impunes

também existe o mito de que a maior parte dos homens procuram as suas escapadelas entre as amigas mas, a maioria dos homens infieis buscam as aventuras no momento de alta oportunidade e baixa implicação

ao contrario, as mulheres envolvem-se emocionalmente, procurando entre os amigos um companheiro melhor que o actual

basicamenter ela busca sua alma gemea, ele diverte-se

 

#3 - infidelidade gira em volta de sexo

aventuras são proibidas mas atractivas mas, nem sempre é a razão.

maiormente buscam algo que não existe na relação mas, que também não conseguem identificar em cada um tão conscientemente, uma carência de infância, a juventude perdida, a busca pela perfeição que não existe... mas nem sempre é sexo

 

#4 - se te é infiel = não te ama

nem sempre é assim, pode, sim, significar que, não te respeita o suficiente para honrar o compromisso que existe entre os dois e que existe um sistema de valorização diferente

algumas pessoas são mais capazes de separar sexo e amor e existe quem tenha sexo sem sentir afecto

 

#5 - sexo com o ex não é ser infiel

não é ninguem novo, já o fizeram antes mas, esse acto pode ter consequências desastrosas porque pode ser um acto desesperado para reactivar uma relação com alguem que te conhece muito bem e que sabe como prejudicar a nova relação

as possibilidades de ser descoberto são mais altas que com um estranho

 

#6 - poder defender a relação de uma infidelidade

como garantir uma relação fiel?

escolher um bom companheiro. Escolher uma pessoa é mais importante que a manter feliz.

uma pessoa com moral formada e valores assim como os antecedentes familiares, são influencias muito importantes para que alguem se mantenha fiel numa relação

 

#7 - se ha antecedentes de infidelidade também te vai ser infiel

um mito com bases veridicas

se o companheiro foi infiel a outras mulheres com quem esteve e nada mudou no seu comportamento, seguramente também te vai ser infiel

 

#8 - sempre deves confessar tuas infidelidades

se o affaire passou a fortes suspeitas, melhor contar, ha mais possibilidades de resgatar uma relação depois de uma confissão voluntaria

mas, se não ha suspeitas ou pouca possibilidade de ser descoberto, melhor que continue de boca fechada.

uma confissão abala a confiança e demora anos a recuperar - quando isso é possivel!

Em vez de uma confissão, melhor meditar sobre o assunto:

- porque o fizeste?

- que obtiveste que não o tenhas na tua relação?

- é possivel obter o mesmo com a pessoa com quem estás?

- A pior razão para confessar uma infidelidade é para nos sentirmos melhor, retirar o sentindo de culpa mas, é um golpe doloroso para a companheira

Tu cometeste o acto, agora lida com as consequências

 

#9 - o acto não importa se não se é descoberto

se não existe possibilidade de ser decoberto, se não tornarás a ver essa pessoa, se tiveste sexo seguro, se nada significou e se não contaste a ninguem......

- depende da personalidade de cada um

se não se vê nada de mau.. é porque não foi mal

só ha algo errado com esta teoria: poucas pessoas acreditam, verdadeirarmente que, ser infiel não está errado

as boas relações baseiam-se na admitração e respeito mutuo, não na compaixão e pensamentos que ignoram

 

#10 - se não ha sexo não é um affaire

a infidelidade emocional é a maior ameaça que um casamento pode enfrentar (um amor platonico, uma grande amizade...)

mais de 80% dos infieis teve uma aventura com alguem que era só " um amigo", geralmente colega de trabalho

50% das mulheres e 62% dos homens teve uma aventura com colega, intensa e invisivel, erotica e não consumada

a infidelidade emocional é perigosaa, aditiva e muito facil de passar despercebida mas, mina um relacionamento

 

#11 - fantasiar com outra pessoa significa que estás proximo de ser infiel

alguns terapeutas sexuais aconselham acolher fantasias com outras pessoas para enfrentar a tentação, podes fantasiar mas não actuar; outros afirmam que é um risco, que as fantasias começam na cabeça e que levam a que se deseje concretiza-las

primeiro fantasiar e levar a que o acto sexual seja brilhantemente perfeito

mas o forte desejo pode desviar-se do objectivo

 

#12 - as aventuras podem salvar relações

mito perpetuado por pessoas infieis para justificar o que fizeram

a infidelidade implica quebrar um voto, mentir e atraiçoar a confiança.

mesmo os que sobrevivem a uma aventura, minam a relação com ressentimento, tristeza e culpa

analizar as razões da infidelidade pode levar a juntar as peças que faltavam antes, uma re-invenção da pessoa, auto-confiança, um novo olhar sobre a mesma pessoa......

é importante perguntar:

- quem eras com essa pessoa?

- como podes ser essa pessoa comigo?

 

 

- Para ler o artigo na íntegra basta clicar aqui 

 

 

P.S. não é facil ser infiel