Sexta-feira, 13 de Junho de 2008
o mar.......

 

 

dizem que o mar estava calmo que até se podia nadar

que as ondas rebentavam em murmurios de sereias

 

mas eu não me lembro ............ 

 

 

 

 

 

 

 

gostei mesmo de ter ido á praia

 

 

- este post é para as minhas amigas virtuais e reais, que se preocuparam comigo!

 

 

 

não fui á praia mas estou bem disposta, ainda não encontrei a solução para o dilema (mas dilemas não têm solução!) e agradeço a força e o carinho.

 

estava e, ainda estou, exausta mas, encontrei esta foto (não sei quem é o fotógrafo mas, pessoalmente preferia saber quem é o fotografado  ) e não resisti edita-la porque, amanhã não sei se terei tempo mas, necessitava de mostrar que, o virtual ajudou-me a enfrentar o real Tal como havia dito, este blog é o meu contacto com o mundo e dou-lhe importãncia

 

Um excelente St. Antonio e única Sexta-feira 13 no ano de 2008

 Muito obrigado

 

 

- para os amigos, prometo que um destes dias vos ofereço algo que apreciem  

 

 

 


sinto-me: exausta mas bem disposta

escrito por Infiel às 01:51
link do post | adiciona se gostaste

De Ubiquozinho a 13 de Junho de 2008 às 16:48
Olá infiel,
Apresento-te as minhas desculpas por usar este espaço (o teu espaço). Até porque o meu objectivo não passa por comentar os teus posts , que por sinal são excelentes. No entanto, não posso deixar de te agradecer, pois estes ajudaram-me a perceber algumas das razões que levam à infidelidade feminina, principalmente por virem de quem vêem (a female ).
Na verdade, o que eu pretendo é simplesmente transmitir o meu testemunho sobre a infidelidade e principalmente desabafar... preciso de desabafar. Já à muito tempo que guardo dentro de mim coisas que não são fáceis de falar... nem mesmo com os melhores amigos e amigas. E esta forma, principalmente por ser anónima revela-se ideal para o efeito. Portanto aqui vai.
Sou um quarentinha , estou num casamento com quase vinte anos do qual resultaram dois filhos. Quando me casei, amava a minha esposa, não me passava pela cabeça que algum dia poderia vir a ser-lhe infiel, e na verdade nunca estive nessa disposição, até ao dia em que descobri que era ela que me era infiel. Para mim foi um choque tremendo. Posso afirmar, que é uma das coisas que nos podem acontecer, que mais deita por terra a nossa auto-estima (pelo menos não me estou a lembrar de nenhuma que faça maior mossa). É claro que o nosso casamento sofreu um abanão enorme. Esteve muito perto de terminar, mas por diversas razões não terminou. Entre elas, posso apontar os nossos filhos, todos os laços emocionais e materiais que se criaram ao longo dos anos de união, também o sexo, que continuava e continua a ser óptimo (para ambos garanto).
Tentei perceber as razões do que aconteceu, o que não é fácil para quem é vitima de infelicidade. A tendência é sempre culpabilizar a outra parte. Mas na verdade e analisando as coisas friamente, também tive a minha dose de culpa. Nomeadamente na rotina que se instalou, alguma falta de atenção em períodos prolongados e críticos no emprego. Enfim, o que é certo é que o pó foi assentando , e as coisas continuaram. Tivemos que nos redescobrir, aconteceram imensas discussões. Foi um período bastante conturbado de adaptação a esta nova realidade.
Apesar de termos ultrapassado este período de crise, e vivermos actualmente bem um com o outro, por principalmente, sermos amigos e nos complementamos bem nas tarefas do dia-a-dia... e o SEXO!! O SEXO continua a ser excelente!! O que é certo é que a nossa relação não voltou a ser a mesma. Ninguém passa por uma situação destas, e continua a mesma pessoa... EU NÃO SOU A MESMA PESSOA !! E a minha esposa também não o é. Aliás , ela já não o era quando me foi infiel.
Ou seja, apesar de toda esta adaptação a uma nova realidade, as coisas entre nós não ficaram completamente esclarecidas, e desta vez posso afirmar que não foi por minha responsabilidade. Continuaram a existir aquelas mentiras por omissão, que qualquer pessoa com dois dedos de testa (neste caso, dois cornos na testa) percebe.
Tanto assim é, que eu ainda acho que ela me é infiel... e já agora para clarificar, sempre com a mesma pessoa (acho eu).
Enfim, como eu não queria acabar com o meu casamento, e não tinha, nem tenho, pretensões de ir para a um manicómio, a partir de uma certa altura, deixei de me preocupar com o assunto... Resultado??? Passei a provar do mesmo fruto proibido. Apesar de à luz desta nova realidade, eu não me considerar infiel .
Não sou homem para ter sexo com qualquer mulher. Tenho que sentir alguma afinidade com a pessoa que está comigo. Isto pode parecer difícil de concretizar , mas no entanto, para mim até é bastante fácil, pois no meu trabalho a maior parte das minhas amizades sempre foram com mulheres. Assim, qual não foi o meu espanto, quando descobri que duas das minhas melhores amigas no emprego, que também me atraiam fisicamente, estavam também elas dispostas a dar a facadinha (ou injecção de adrenalina) no matrimónio. E o mais incrível é que, como sempre foram minhas amigas e são casadas, nem uma nem outra, imagina que tenho uma relação com a outra (pelo menos é o que eu acho). Entre nós, as coisas passam-se de forma bastante discreta e apenas ocasionalmente, pois tal como eu, elas são casadas e não querem que a história caia na praça pública.
Continua no próximo Post .


De Ubiquozinho a 13 de Junho de 2008 às 17:31
Concluindo o longo post...

Posso afirmar que neste momento sou bastante mais feliz do que era. Tenho relações extraconjugais com duas muheres maravilhosas com as quais tenho uma cumplicidade fantástica e que por sinal também são amigas uma da outra.

Estou de tal foma de consciência tranquila, que não me considero infiel.

Mais!! Independentemente das implicações no meu casamento, posso afirmar que não abdico de nenhuma delas, mesmo que algum dia a minha esposa descubra o que se passa. Tal como não abdicarei da minha esposa por elas. Elas sabem destes dois factos.

No entanto, seja qual for a razão, também elas podem em qualquer altura querer acabar com a nossa relação. É normal! Estou preparado para isso e nunca farei nada que as possa prejudicar. Como amigo sincero, quero acima de tudo que tenham boas recordações dos momentos que passaram comigo.

Nesta altura da minha vida, considero importante que tal como eu, quem esteja comigo, esteja porque goste simplesmente de desfrutar os poucos, ou muitos momentos que possamos passar juntos, sem quaisquer pretensões de posse ou exclusividade.
Para mim, esta é uma das mais bonitas formas de AMOR!!!

E é claro, tendo consciência do factor efémero das relações, não deixo de alimentar as minhas amizades com outras mulheres, de preferência inteligentes e bonitas .

Infiel, desejo-te sinceramente que ultrapasses esses momentos menos bons. A vida é muito curta para carpir mágoas. Tira as férias que desejas e faz uma viagem com aquela pessoa de quem tanto aprecias a companhia. Se não for possivel... aproveita para conhecer outras.

Fica bem
Sempre teu Ubiquozinho


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



moi
ser Infiel é:

Subscribe to Infiel

sonhos e dissertações

Discos vinil saudoso som

Atraiçoada

Feliz e quente Natal

ja nasceu hehehehe

A Tabacaria de Alvaro de ...

velocidade

O Bob

a parvoice foi embora

cigarro procura-se

Luta de Titans 1ª semana

Ano do Tigre Dourado

Luta de Titans

cucu

o que me agrada

FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

Software para o Coração.....

Atraiçoada

Infiel

Palavras

Venha dai, está convidado...

Sexualidade feminina do s...

Gratidão....

Porque hoje é domingo - v...

Mario Quintana e o casame...

orgasmos mentais

Dezembro 2011

Dezembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

encontrar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais comentados
102 comentários
80 comentários
78 comentários
75 comentários
75 comentários
69 comentários
59 comentários
subscrever feeds